PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


A igreja é chiclete ?



Durante a visita do papa, trataram a Igreja Católica como chiclete, puxando-a para todos os lados. Os católicos, enlevados com a presença do papa, voltaram a defender o de sempre: que a doutrina da Igreja vire política de estado. Puxando a Igreja para lá, condenam a camisinha, o aborto, o divórcio, o casamento gay - e querem que suas condenações morais sejam válidas para todos os brasileiros, e não apenas para os católicos. Puxando a Igreja para cá, querem que ela autorize o aborto, libere o uso da camisinha, aprove o divórcio, concorde com o casamento gay - para todos os brasileiros e, inclusive para os católicos.
Está tudo errado. Certo mesmo seria que, num estado laico e com liberdade de culto, cada lado pudesse viver segundo suas convicções. Portando, está certo o papa quando defende a ex-comunhão de políticos que aprovam o aborto. O PPS chegou a divulgar nota criticando a postura supostamente autoritária do papa. Não é autoritária. É apenas uma posição da Igreja Católica válida para os católicos. "O direito de matar um inocente, uma criança humana, é incompatível com estar em comunhão com o corpo de Cristo", disse o papa. Eis a palavra do representante do deus dos católicos na Terra. Quem concorda vive segundo esses ensinamentos. Quem não concorda tem o direito de rezar em outra freguesia ou de não rezar em freguesia alguma.
A Igreja Católica não se contenta em falar apenas ao seu rebanho. É contra o aborto ? Nenhum problema. Que oriente os seus fiéis que jamais o façam. Em vez disso, a Igreja Católica quer que o estado brasileiro mantenha uma proibição legal que proíbe a todos... É contra o uso da camisinha ? Peça aos seus fiéis, "a criança, o adolescente", que se abstenha de usá-la. Em vez disso, a Igreja Católica quer que o governo brasileiro suspenda a distribuição de camisinha nos postos de saúde para todos os brasileiros. O raciocínio vale para tudo. Casamento gay, eutanásia, divórcio. Quando não é assim, fica parecendo que a Igreja não confia na sua capacidade de convencer seus fiéis e precisa transformar seus pontos de vista em obrigação legal para todos.
É sempre bom lembrar que a plena liberdade de culto, que a Igreja Católica tão corretamente defende, contempla a liberdade de qualquer culto, inclusive nenhum.


Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- A Questão Romana
- Documento Papal - Reafirma Valores Nunca Abolidos
- Ideia Monopolista Da Igreja Catolica
- Igreja Anglicana - História E Origem
- Lula: Não Beijou A Mão Do Papa, Mas, Com Muito Gosto, A De Jader Barbalho
- Nazismo E Igreja Católica
- Fraude Piedosa

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online