PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


ESTUDO SOBRE DONS ESPIRITUAIS - PARTE I



ESTUDO SOBRE DONS ESPIRITUAIS
(Seminarista Alexandre Ricardo) Eu gostaria, com a permissão dos irmãos, de fazer uma ressalva, uma observação no tema proposto: ?Jovens consagrando seus dons e talentos? - o jovem poderá consagrar seus talentos, porém não poderá consagrar os seus dons. Por que o jovem não poderá consagrar os seus dons? Simplesmente por que os dons não são seus, são uma concessão do Espírito Santo de Deus como vemos em I Cor 12:7 ?A manifestação do Espírito é concedida...?. Em I Pe 4:10 somos impelidos a sermos bons despenseiros (mordomos) dos dons ora concedidos. Como em toda concessão, há clausulas a serem observadas ,requisitos a serem cumpridos para que ele não seja prejudicada (I Ts.5:19). 1) Somente os nascidos do Espírito possuem dons espirituais, como vemos em I Cor 2:14 ?Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, por que lhe são loucura; e não pode entendê-las porque elas se discernem espiritualmente.? (BVN) 2) Existe um grupo de crentes que fazem reuniões de ?busca de poder? e, também, nessas reuniões, buscam os dons espirituais, ou seja, escolhem um que mais lhe agrada, que lhe dará maior proeminência dentro da comunidade cristã, (as vezes sem má fé, por falta de conhecimento)e passam a pedir a Deus que lhes dê este ou aquele dom. A Bíblia nos adverte deste erro, pois essa prática é diversa à palavra de Deus; a Bíblia nos diz, em I Cor 12:11 ?Mas, um só, e o mesmo Espírito, realiza todas essas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente.?(BVN) 3) Os dons ora concedidos são irrevogáveis, como nos diz Rm 11:29 ?Por que os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis.?(BVN); os dons são irrevogáveis, porém como vimos em I Ts 5:19, seu desenvolvimento pode ser deliberadamente negligenciado, evidenciando, deste modo, infidelidade a Deus, como vemos em I Cor 4:1,2 ?Que os homens nos considerem como servidores de Cristo e administradores dos mistérios de Deus; Ora, o que se espera dos servidores é que eles sejam dignos de confiança.?(BJ), algumas pessoas atribuem essa passagem apenas aos líderes, ou seja Ministros da Palavra e diáconos; não devemos nos enganar pensando assim; a Palavra de Deus, através de João, no livro de Apocalipse nos diz que todos os crentes são sacerdotes, não mais no sentido de serviço no templo ou no tabernáculo, mas na manifestação dos dons, através do templo do Espírito Santo, e, ainda, através do serviço de apresentar as pessoas a Deus, as pessoas que ainda não tenham o canal de comunicação com Deus que é o Espírito Santo, porque: ?Ele nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai...? , ?Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real,...? Ap 1:6a e I Pe 2:9a, respectivamente (BVN). 4)O ponto que mais me chama á atenção é o fato de o dom concedido servir exclusivamente ao próximo, e nunca a quem o detém; vejamos isto, em I Pe 4:10 e I Cor. 12:25b, respectivamente, que diz: ?Servi uns aos outros,cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus? , ?... cooperem os membros, com igual cuidado, em favor um dos outros?. Qual poderia ser o objetivo de o exercício dos dons estar focalizado no próximo, e não na pessoa que o manifesta? Em I Cor.12:12-31 a Palavra de Deus através do Apóstolo Paulo retrata a Igreja como um Corpo dividindo-o em partes: Dando a cada parte uma função específica (um dom, pelo menos, a cada membro, vs. 15,16,17, e 18) e, Em contra partida, exclui a possibilidade de que alguém tenha todos os dons (Ninguém no Corpo é auto-suficiente, v. 19). A Palavra de Deus através do Apóstolo Paulo nos ensina ainda que todos nós, que fazemos parte do Corpo, devemos estar andando em uma mesma direção, em um mesmo propósito, tendo em vista um mesmo objetivo (v. 20), a isto já nos aconselhava a Palavra de Deus através do rei Salomão em Eclesiastes 4:12, quando ele fala do cordão de três dobras que não se arrebenta com facilidade, porém resiste, e elas, as três dobras, resistem, porque estão unidas em um único objetivo, que é: não arrebentar. Não poderíamos deixar de falar, ainda sobre esse sentido do Corpo Unido do qual nos fala a Palavra de Deus através do Apóstolo Paulo, de um outro exemplo de união, sincronismo, coordenação, colaboração e objetivo, que precisou da intervenção do próprio Deus, em pessoa, para que não fosse a cabo; vejamos então isto, em Gen.11:6 ?e disse Deus: Eles são um povo só e falam uma só língua. Isto é apenas o começo de seus empreendimentos. Agora, nenhum projeto será irrealizável para eles?(BJ). No momento em que, o Corpo de Cristo que compõe a Igreja Batista Betel, considerar a relevância desta verdade espiritual e passar a usar os dons, ? falando uma só língua? e sendo de fato ?um só povo?, em todos os sentidos ? nenhum projeto? por mais impossível que pareça, ?será irrealizável para vocês?.


Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- Estudo Sobre Dons Espirituais - Parte Iii
- Estudo Sobre Dons Espirituais - Parte Ii
- Os Dons Espirituais E A Igreja De Cristo
- Estudo Sobre Dons Espirituais - Parte Iv
- Mudança De Estilo De Vida - Jesus
- O Poder Da Palavra
- Humano

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online