PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


Umbanda Básica - Introdução e médiuns - PARTE I



I. INTRODUÇÃO: A umbanda é uma religião que tem seus conhecimentos passados, basicamente, pela forma verbal. A conseqüência disto é ter mais de uma versão, origem ou explicação para o mesmo fato, ser ou ritual. Devido a isto ocorrer desta forma vemos muitos pais-de-santo que não conhecem profundamente os rituais e nem sabem como realizá-los, incorrendo em trabalhos de má qualidade e em correntes doentes. Este resumo está baseado nos ensinamentos do W. W. da Matta e Silva, mestre da Escola de Umbanda Esotérica de Itacuruçá / RJ. Escolhemos esta escola por apresentar um livro básico, completo e coerente na linha seguida, mas nunca devemos esquecer que as definições, regras e etc, são feitos por homens, estando sujeitos a interpretações, erros e tendências culturais.
II. ORIGEM: Os escravos trouxeram para o Brasil o candomblé, o qual já sofreu adulterações e modificações da sua origem. Segundo alguns historiadores, do candomblé surgiu a quimbanda, denominando-a reino dos exus. Sem que tenhamos uma explicação concreta desta origem, alguns a misturam a umbanda. A quimbanda dedica-se a magia negra e é dirigida por espíritos desencarnados altamente organizados, em ligação constante com grandes magos, e que obrigam legiões de espíritos, a maioria propensos ao mal, a executarem suas determinações. A magia negra alcançou tal desenvolvimento no Brasil, que as falanges espirituais que orientam o país resolveram criar a Umbanda, com a finalidade específica de combater a quimbanda, desaparecendo quando aquela deixar de existir. A Umbanda mais difundida no Brasil é chamada de esotérica, a qual nos ateremos principalmente a esta. Ela é colocada como tendo origem na Lemúria, sendo resgatada no Brasil no século XIX, entre os anos de 1888 e 1889. O palavra umbanda tem origem em um mantra pronunciado da seguinte forma pelos lemurianos: AUM ? BAN ? DAN. Significando: AUM ? Divindade, divina, glória; BAN ? Conjunto, regra, sistema; DAN ? Lei, norma, regra. Portanto, AUMBANDAN ou UMBANDA significa o conjunto das leis Divinas.
III. RITUAIS: Para podermos falar sobre os rituais básicos devemos entender que as formas de se apresentarem o que representam e quais povos ou raças: CABOCLO PRETO VELHO CRIANÇA REPRESENTAÇÃO A simplicidade, a fortaleza. A humildade, a sabedoria. A pureza, o amor. RAÇAS OU POVOS Vermelha Negra e amarela Vermelha, negra, amarela e branca. Também vamos aproveitar para citar os tipos de ?incorporação? existente:
Ø Inconsciente ? O médium fica completamente ?tomado? pela entidade. Perde a consciência, não lembrando de nada que ocorreu. Sendo uma forma rara.
Ø Semiconsciente ? O médium é ?tomado? parcialmente, tendo conhecimento do que ocorre, ficando inconsciente somente no momento de consulta, em situações particulares ou quando houver o risco para o médium. Sendo a forma mais comum.
Ø Consciente ? O médium fica totalmente consciente, não sendo em nenhum momento ?tomado?. É mais uma forma de ?intuição? do que incorporação, pois esta não chega a ocorrer.
(CONTINUA.....)


Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- Umbanda Básica - Oferenda, Obrigações E Exu - Parte V
- Homens Incorporando Pomba-gira?
- Vejo Tudo! Estou Mistificando?
- Mais Intolerância...
- Umbanda Básica - Rituais - Parte Ii
- Os Baianos Na Umbanda
- Mistificação Nas Igrejas

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online