PUBLICIDADE

Página Principal : História


Brasil, 509 anos ? A cachaça brasileira



  Brasil, 509 anos ? A cachaça brasileira

Conhecida pela alcunha de ?água que passarinho não bebe?, era bebida de escravos. Propagou-se pela facilidade de produção e baixos custos, não sendo necessário um grande engenho para produzi-la, bastando uma engenhoca rudimentar. A cachaça é a segunda bebida mais consumida no Brasil, só perdendo para a cerveja. O mercado movimenta por ano 1 bilhão de reais, na comercialização de 1 bilhão de litros, 71% produzido industrialmente e São Paulo responde por 50%. Em seguida vem Pernambuco, Ceará e Paraíba, com 20%. Minas Gerais entre 8 e 10%; Goiás entre 5 e 6%; Rio, 5%; Paraná, 4% eBahia 1,5%. São Paulo é também o primeiro colocado em consumo.

Produção ? A cana é moída em equipamentos similares aqueles de caldo de cana, vistos nas feiras. Depois a garapa é levada ao cocho de fermentação, onde passa uma noite fermentando sem ajuda de produtos químicos. Já fermentada a garapa chega ao alambique onde será fervida por 6 horas, vaporizando. O vapor escoa pela parte superior do alambique até a serpentina. Ali o vapor volta á forma líquida, já pinga, saindo em uma bica direto para o barril, onde fica até alcançar o teor alcoólico de 20 graus. Descartam-se os primeiros e últimos 10% da destilação e a cachaça já está pronta para ser servida e comercializada.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Califórnia, Não. Texas(efeito Etanol)
- Brasil, 509 Anos ? O Gado E O Cacau
- Hidrografia Do Brasil
- Produção De Etanol
- O Ciclo Do Açúcar - Parte I
- A Economia Do Brasil
- História Do Brasil

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online