PUBLICIDADE

Página Principal : História


Brasil, 509 anos ? Democracia Frágil



  Brasil, 509 anos ? Democracia Frágil

Em 1954, Getúlio Vargas, que havia voltado ao governo nas eleições de 1950, enfrentou forte oposição, críticas acusações de corrupção etc. Suicidou-se em 1955, grupos de políticos e militares tentaram impedir a posse de seu sucessor eleito, Juscelino. A renúncia de Jânio Quadros em 1961 apenas 7 meses depois de empossado gerou uma situação complicada, ele foi substituído por João Goulart, que era da chapa que Jânio havia derrotado. Armou-se novo golpe militar contra a democracia, ele foi deposto e mudaram-se todas as regras políticas. Como em todas as ditaduram acabou a liberdade. Havia censura á imprensa, aos espetáculos, á televisão, livros. Os partidos foram extintos e criaram-se apenas 2, um a fovor e outro contra o governo. Todos os presidentes da república até 1985 foram generais. Houve enorme aumento da inflação e da dívida externa. Os opositores da ditadura foram perseguidos e torturados, mas aos poucos com a concientização da população o quadro se reverteu. A cada eleição para deputado e senadores, mais e mais votos para o MDB, atual PMDB, o partido da oposição. Em 1984, aconteceu a mais empolgante campanha política. Durante 3 meses, milhõse de pessoas em várias capitais, participaram de comícios onde se pedia a volta das eleições diretas para presidente da república.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Getúlio Vargas, O Pai Dos Pobres
- O Brasil Antes Do Golpe De 1964
- Revolução De 30
- Mega Memória -américa Latina ? Política De 1959 A 1995
- Republica Nova
- Brasil, 509 Anos ? A Proclamação Da República
- José Sarney

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online