PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


O... PURGATÓRIO !





(caso... Isabella)


O Purgatório é o lugar de purificar as Almas dos justos, onde, Eles sofrem antes de serem admitidos no Céu.

Todavia, na maneira em que os humanos vêm procedendo com os seus irmãos, aqui na Terra, acredito que Eles não têm como serem chamados de justos e/ou, merecerem as benesses do purgatório.


Para ir para lá, à espera da abertura do portal para o céu, primeiro, tem que ocorrer a sua morte física, liberando a alma ou, o espírito e, segundo, terem às suas ações anteriores pesado na Balança da equidade, ante o que fez de meritório ou devassas, com o outro lado da balança constando a definição que pode ser: o da ida para o Inferno, Purgatório ou o... Céu!


O Senhor do Universo deu ao Homem o livre-arbítrio para definir os seus caminhos pela vida, da forma e modo que quiserem, entretanto, não podendo e, não querendo se desdisser, eliminando a livre vontade de proceder, colocou, ao final da jornada, a Balança, que definirá, com justiça plena, os Prêmios, benesses e castigo a serem distribuídos aos seus filhos, muito embora, sendo o Senhor de Tudo, não quis ser radical entre o certo (Céu) e o errado (Inferno), colocando, de entremeio, como benesse, o Purgatório! Portanto, dando o favorecimento para que, os ?menos maus?, se purifiquem e recebam a permissão para entrarem no reino Dele.


O Purgatório, também, foi estendido aos Seres, antes das suas mortes físicas, pois, na Terra, se quiserem, podem sofrer à espera de terem uma depuração de suas atitudes em direção do Bem, resultando na suas idas para o Céu ou, o Purgatório, mas, se não passarem pela prova, na certa, irão para o Inferno, onde, só há choros e rangeres de dentes ou, gengivas!


Até os maléficos assassinos e estrupadores de crianças, têm o direito de se reabilitarem, ainda em vida, porém, como não podem reparar o mal feito, por terem suprimido a vida das suas vítimas indefesas, dificilmente escaparão do inferno! Pois, a porta do Purgatório se fechará à sua regeneração sem a compensação do mal praticado, porém, a Balança que lhe pesará a Culpabilidade gravíssima pode ser compensada, no lado dos Prêmios e Castigos, pelas emanações espirituais de sua vítima que, no Vestíbulo para entrar no céu, venha a ter pena do seu algoz e, por isso, Ele pode vir a alcançar o Purgatório, escapando da pena capital do Inferno.


Espero que a menina ISABELLA, assassinada covardemente, arremessada por seis andares para o solo, não faça tal pedido, o trocando para a Descoberta do seu assassino, difundindo a, quem possa ajudar no esclarecimento do lamentável e, covarde crime contra Ela.


De uma coisa tenho a certeza, se o seu assassino, for para o Purgatório, Ele, jamais! Sairá de lá para o Céu, pelo menos por milênios de anos seqüentes de seu recolhimento ali.


Apresento, a seguir, alguns versos meus alusivos ao que penso a respeito do, (ou dos) assassino (s) da menina Isabella, desde que comprovada, sem sombra de dúvidas, a autoria:


Chulé de leprosos,

Escroto de tarados,

Escarro de tuberculosos,

Vômito de embriagados.

Praga de condenados,

Riso dos fratricidas,

Esgar dos enforcados,

Alegria dos homicidas!


Descendente de Caim!

Ínfimo assassino,

Corações de marfim...

Executor e... Suíno!

Exilado do onipotente,

Irmão de Barrabás,

Animal em pele de gente...

Filho legítimo de Satanás!


Cachorro cruel e ateu.

Oh! Maldito tumor:

Desacatou a Mãe de Deus

Ao fazer tal horror!

Maldito vil deicidas!

Miserável assassino:

Acabastes com tantas vidas

E... ISABELLA, entre meninos!


Sebastião Antônio BARACHO

[email protected]




Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- Páginas Para Pensar
- Resumo: Modelo De Dedicatória
- Ler
- Catopê (folclore Brasileiro 5)
- Nossa Pátria
- José - A Verdadeira HistÓria Do Pai De Jesus Cristo Na Terra
- Caboclinho (folclore Brasileiro 7)

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online