PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


Salve a Criança



A fase de criança é a única época em que o ser humano conquista 100% de consciência desperta. Poucos de nós, adultos, sabemos disto. E, no mundo conturbado de agora, a criança, que poderia nos ajudar no equilíbrio das famílias, com sua natural meiguice, beleza e espontaneidade, por sua natural fragilidade física, torna-se vítima de abusos sexuais, torturas e maus tratos. A criança é de uma beleza incomparável; seu sorriso é desconcertante e musical, bálsamo para nossas dores cotidianas; alívio para os problemas diários. Deveríamos acompanhar, atentamente, o desenvolvimento da criança. Nascida frágil e totalmente dependente de cuidados, cresce desenvolvendo a consciência e formando sua personalidade, até os sete anos de idade. Personalidade que vai marcar toda sua existência física. Nós, adultos, nos esquivamos, cada vez mais, de exercer nosso sagrado dever de pais. É muito natural, nos dias atuais, que marido e mulher trabalhem fora, deixando a criação e educação de seus filhos, nas mãos de empregadas domésticas, despreparadas, sem compromisso, vontade e obrigação de educar as crianças sob sua responsabilidade. É um tal de não ter tempo, seja para os mais simples contatos e brincadeiras, comuns entre pais e filhos, quanto para partilharem a própria vida. Acompanhar a vida dos filhos, que deveria ser um prazer para os pais, tornou-se sinônimo de contrariedade, afobação e até desespero. Observem como as famílias estão degeneradas, mal formadas. Independente de classe social e condição financeira. As crianças, sem a presença ativa dos pais, sem disciplina, tornaram-se ditadores, irrequietos e indomáveis. Nos fantásticos livros (3) Profecia Celestina de James Redfield, ele fala que a criança não pode prescindir da presença de um adulto, durante todo o dia... Um sonho, para os dias atuais. Pesadelo nos moldes de hoje. Criança é sinônimo de beleza, pureza e espontâneidade; quanto temos que aprender com elas, e nos recusamos achando que nós é que sabemos das coisas. Observando as crianças, poderíamos aprender a estar no presente (ver O Presente Precioso), elas apenas olham as coisas como elas são, sem preconceito, sem imagens interiores sobrepostas, sem julgamentos, sem adjetivos; tarefa dificílima para a turba egóica e materialista da atualidade. A mãe de hoje foge das suas tarefas de casa, na luta por superar o homem, envolvendo-se em profissões que demanda força física, por mera competição; deixando o sublime dom de ser mãe em segundo ou terceiro plano e as tão valiosas tarefas do lar, entregues a mãos descompromissadas com a familia. O Estatuto da Criança e do Adolescente completou 18 anos, sem muito a comemorar... não basta criar leis, estas já as temos demais, carece sejam trabalhadas as consciências, para que possam ser despertas; começando pela educação, porta mais ampla do conhecimento, único caminho que pode nos levar à sabedoria.



Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- O Comportamento Dos Pais E Sua InfluÊncia
- Abandono
- As Crianças Precisam De Cuidados
- EducaÇÃo Dos Filhos: Tarefa DifÍcil
- Eca - Estatuto Da Criança E Do Adolescente
- O Que é Educação Infantil?
- Educar Para Libertar

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online