PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


Bíblia ? Pentateuco, relatos e dados históricos





Bíblia ? Pentateuco, relatos e dados históricos


Os 11 primeiros capítulos do Gênesis devem ser considerados á parte. Descrevem de modo popular, a origem do gênero humano, enuncia num estilo simples e figurado, tal como convinha á mentalidade de um povo não muito culto. Se as verdades são certas, implicam fatos que são reais, embora não possamos precisar seus contornos sob a veste mística que lhes foi dada, consoante a mentalidade da época e do ambiente. A história patriarcal de Abraão, Isaac, Jacó e José é uma história de episódios pessoais, sem nenhuma preocupação com a história geral. Todos os momentos decisivos são marcados por intervenção divina e neles tudo aparece providencial. Depois de uma grande lacuna, o êxodo e os números, que tem seu eco nos primeiros capítulos do deuteronômio, referem-se aos acontecimentos que vão do nascimento á morte de Moisés, a saída do Egito, a permanência no Sinai, a caminhada até Cades, a marcha através da Transjordânia e a instalação das estepes de Moab: Israel, que se tornou um povo, faz sua entrada na história geral, embora nenhum documento antigo o mencione, salvo uma alusão obscura com que os textos e a arqueologia nos informam sob a descida dos grupos semíticos para o Egito, sob a administração egípcia do delta. Com as reservas que impõe a insuficiência das indicações da bíblia e a incerteza da cronologia extrabíblica, pode-se dizer que Abraão vivia em Canaã por volta de 1850 AC, que José prosperava no Egito e que outros filhos de Jacó aí o encontraram pouco depois de 1700. De acordo com o texto de êxodo 1:11, os hebreus trabalharam na construção das cidades entrepostas de Píton e Ramsés II. O êxodo é posterior ao início do reinado de Ramsés II, que fundou a cidade com o mesmo nome. Concordam com as indicações da arqueologia sobre o começo da idade do ferro, que coincide com o estabelecimento dos israelitas em Canaã.


Legislação bíblica » Na bíblia judaica o Pentateuco é chamado de lei, a Tora, ele recolhe o conjunto das prescrições que regulavam a vida social, moral e religiosa do povo. O decágolo, escrito nas tábuas do Sinai promulgava a lei e é apresentado 2 vezes. O Levítico, embora tenha recebido sua forma definitiva depois do exílio, contém elementos bem antigos, como as proibições alimentares, regras de pureza e o antigo rito de purificação. O cristão, embora libertado das observâncias da lei, não está de seu ensinamento moral e religioso. O novo testamento não se opõe ao antigo. Em seu itinerário para Deus, toda alma atravessa as mesmas etapas de desapego, provação e purificação pelas quais passou o povo eleito e encontra a sua instrução nas lições que foram dadas a esse.



Fonte: A Bíblia de Jerusalém, edições paulinas


Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- Moisés
- Cuidado! O Deus Dos Imigrantes, Esta Chegando!
- Teologia ? A Bíblia
- Mega Polêmica ? Bíblia, Verdade Ou Lenda?
- Gênesis
- Palestina Ou Israel?
- Rei David

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online