PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


O Benefício Terapêutico da Oração.



Assim como o telefonema e a carta são métodos de comunicação com outro ser humano, a oração é um método de comunicação com Deus. Para os indivíduos que não compartilham dessa hipótese eu deixo o meu respeito mas gostaria de expor algumas observações:

I. Os indivíduos pelo menos um vez em sua existência devem ter estado em uma situação onde perceberam nada poder fazer para resolvê-la, a não ser pedir ou torcer que "algo" maior os protegesse ou libertasse. Nessa atitude existe uma intuição da existência de um "algo" maior protetor;

II. O homem busca incessantemente razões que tragam valor, importância ou significado em relação ao que ele é ou faz em sua vida;

III. As pessoas costumam refletir sobre questões como o que havia antes de seu nascimento ou o que haverá após sua morte e quem ou o que está encarregado de esclarecer essas dúvidas existênciais;

III. Todo homem é constantemente educado ou repreendido por uma consciência que esclarece ou alerta sobre a existência de princípios, leis naturais regendo a vida e os relacionamentos humanos, independente dele entender ou aceitar isso.

Para os evangélicos, Jesus Cristo (fundador do Cristianismo) foi o filho de Deus que encarnado veio ao mundo expôr sua doutrina (comprovada com os milagres que fazia) que conduz o homem a união com Deus, a vida eterna e a salvação de sua alma. Para as pessoas que não são adeptas de nenhuma religião ou para os que não acreditam nesse roteiro, Jesus foi somente um homem comum mas, dotado de uma mentalidade privilegiada em seu tempo. Um sem número de escritos antigos de variadas fontes e as pesquisas históricas comprovam o nascimento de Jesus há mais ou menos 2013 anos atrás. 

É minha suposição que através dos ensinamentos de Jesus temos um entendimento profundo sobre como estabelecer essa comunicação com Deus e obter os benefícios terapêuticos da oração. Embora não seja o foco principal desse artigo falar sobre Cristo, algumas informações sobre Ele me parecem ser importantes dando respaldo a seu caráter e doutrina:

I. Jesus é a personalidade mais conhecida da humanidade, embora tenha passado pela Terra a mais ou menos 2013 anos atrás, praticamente cada um dos 6.000.000.000 de seres humanos existentes já ouviu falar Dele, de seus 4 evangelhos, de seus feitos e ensinamentos.

II. A Bíblia Sagrada, onde se encontra a história e feitos de Jesus, é o livro mais lido e vendido do planeta;

III. Jesus, de um modo bastante sólido, ensina e trabalha até hoje. A maioria dos homens que deram sua contribuição, positiva ou não a humanidade, obteve reconhecimento e suas vidas e feitos foram preservados por gerações no entanto estão presos a esse estado estático, sem significativa influência na vida das pessoas, não caindo no esquecimento graças a história. Jesus é a grande exceção, por meio da igreja ele continua atuando, educando e reunindo mais e mais seguidores atualmente. Desde seu nascimento e por mais de dois milênios as pessoas continuam descobrindo-o, entendendo suas ideias e trabalhando dia a dia pela divulgação de sua doutrina que se foca em ajudar o próximo.

Para que os benefícios da oração sejam sentidos na qualidade de vida das pessoas, suponho que seja imprescindível o estudo do conhecimento produzido por Cristo, pois eles desenvolvem o dom da fé sem o qual a oração é uma atividade mecânica, inútil. Assim como é obrigatório a existência da energia solar para produzir a fotossíntese que permite a sobrevivência das plantas, é necessário a existência da energia interna da fé para que a oração, esse diálogo com Deus, produza os resultados desejados.

A fé faz com que Deus deixe de ser um mito, uma lenda folclórica, uma ilusão tolerada e aceita entre aqueles que não conseguem enfrentar a vida por esforço próprio, para ser reconhecido como uma Entidade viva, embora não perceptível pelos cinco sentidos humanos, capaz de criar resultados reais na vida das pessoas, desde que elas estejam sintonizadas e em congruência com Ele. O evangelho de Jesus, a meu ver, mostra como podemos criar essa sintonia e congruência.

Tendo-se atingido essa condição básica, a oração produz diversos efeitos quando efetuada com constância e regularidade sendo os mais comuns:

I. Equilíbrio Psicológico. Os pensamentos passam a ser mais organizados e fluentes diminuindo perturbações como pensamentos acelerados, negativos, antecipatórios, humor deprimido;

II. Fortalecimento Emocional. Diminui-se sentimentos como solidão, tristeza, depressão, carência afetiva...;

III. Significado Existêncial. Devido o fortalecimento mental e emotivo as pessoas começam a sentir mais significado em suas vidas. Nasce a expectativa de florescimento da vida. O indivíduo finalmente percebe que sua existência possui grande importância, se dá conta de que um grande mau ocorreria se ele viesse a não existir, embora não note isso enquanto presente. A vida vai gradualmente saindo da apatia e ganhando sentido.

IV. Maior disposição Física. Essas mudanças cooperam para que as pessoas desejem viver a vida. O esforço que anteriormente era tido como aborrecimento, agora passa a ser motivo de esperança, preparação e expectativa.

O estudo Bíblico e a prática da oração, em um mínimo de 30 minutos diários, podem gradualmente produzir esses efeitos em médio e longo prazo.


Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- A Justiça De Deus Feita Ao Homem
- Cristianismo X XintoÍsmo
- Novo Testamento
- Como Saber Que Sua Oração Será Respondida?
- Combatendo Limitações Da Personalidade
- VocÊ JÁ Ouviu Falar Das Quatro Leis Espirituais?
- Quem Foi Jesus?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online