PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


Combatendo Limitações da Personalidade



Suponho que o nível de qualidade de vida de um indivíduo em um dado momento de sua vida está, e muito, conectado a certas limitações internas em seu caráter. Eu posso ter posições que desejo tomar ou sinto ser necessárias para obter resultados inéditos mas, que não consigo, mesmo tentando com sinceridade e persistência. Cronicamente frustrado de inúmeras vezes procurar superar essa limitação internas, corro o risco de acabar aceitando e convivendo com elas.

Enxergo essas limitações de forma mais compreensível afirmando que elas são linhas de pensamento adquiridas durante a vida e, embora sejam suficientes para qualificar quem sou, são insuficientes para me trazer paz e felicidade significativa. Representam, portanto, minhas "verdades", meus "dogmas" que adquiri durante a existência que me esclarecem o que sou, o que os outros são e como o mundo funciona. Disso resulta várias posições tais como: "Não gosto de certo tipo de assunto", "certas coisas são desnecessárias", "certas situações me amedrontam", "essas ideias são tolice". Posso não admitir sequer para mim contudo, sei que possuo algumas "fraquezas" ou erros de compreensão interiormente e, tanto hoje como no passado, sempre me impedem de progredir na vida e provocar mudanças necessárias e benéficas.

Muitas vezes, para passar de uma fase para outra, necessito vivenciar experiências exatamente onde estão alojadas essas restrições e, não há como avançar, a menos que elas sejam removidas. Como jamais antes obtive sucesso...

Há remédio?

Há um caminho. Um dos sintomas marcantes desse dilema é o crescimento do sofrimento e do desejo de solução, do atrito. O indivíduo percebe mais e mais ter uma limitação. Reconhece que é importante mudar. Mas, fez várias tentativas e não funcionou. Se faz necessária, eu suponho, a intervenção de uma força externa maior que produza um fortalecimento interno capaz de superar a fraqueza. Estou falando de Deus? Não como religião. Falo de um contato com ele através da oração. Não dá oração mecânica e sim da oração sincera. Deus atua muito restritivamente em sua vida até que você procure ativamente seu auxílio para que faça isso de modo marcante. Mais detalhadamente, você expõe em oração o seu problema ou sofrimento e determina uma intervenção de Deus, novidade que até então não havia. O que ocorre é uma gradual elevação de sua vontade de superação em relação a limitação, até que a vença.

Nesse processo você poderá obter direções de Deus, ele pode lhe instruir a procurar a literatura onde está contida a compreensão e o contato humano ao longo dos séculos com Ele, e o estudo profundo e exaustivo dessa literatura. Falo da Bíblia Sagrada, de toda ela, mais principalmente do Evangelho, não me refiro a ritos religiosos, me refiro a leitura e compreensão bíblica. Esses textos se tornam a via segura por onde Deus pode lhe instruir.



Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- O Que é Ser Feliz?
- Acúmulo De Informação Não Obrigatoriamente Amadurece O Homem
- A Verdadeira Pessoa Sabe Que Está Errada.
- Um Discurso Sobre As Divergências Entre Fé E Ciência.
- Ocupado Demais Para Deixar De Orar
- Um Discurso Sobre O Fortalecimento Do Evangelho
- Http://www.christiananswers. Net/portuguese/q-eden/big-ba Ng-p.html

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online