PUBLICIDADE

Página Principal : Estudos de Religião


Fanatismo Fatal - Seitas que pregam o suicídio



Fanatismo Fatal - Seitas que pregam o suicídio

O caso mais marcante se suicídio coletivo associado ao fanatismo religioso foi o do pastor americano Jim Jones e sua seita o Templo do Povo. 913 Pessoas, entre elas 275 crianças e 12 bebês morreram ao ingerir uma mistura de suco de laranja com cianureto, na noite de 18 de novembro de 1978, em Jonestown, uma aldeia no meio da selva na Guiana. Os que se recusaram a beber foram assassinados. O cadáver de Jim Jones foi encontrado ao pé de uma cadeira com uma bala no crânio. A lista de episódios semelhantes é grande. A interpretação errônea do livro de Salmos e do Apocalipse de São João vinham levando a heresias cristãs como o fim do mundo na virada do milênio. Apesar do apocalipse não ter ocorrido, contrariando as escrituras, crenças milenaristas continuam existindo desde a Idade Média até a Era Moderna. Ainda hoje, dogmas de milhares de seitas adeptas ao cristianismo coincidem com a crença da vinda do Messias e do Apocalipse. Assim como no ano 1000, eclipses, cometas, pragas e epidemias são apontadas como "sinais do fim do mundo". Os apocalípticos são compostos por uma horda de adeptos intitulada "evangélicos", que inclui membros de igrejas como a Presbiteriana, Batista, Metodista, Assembléia de Deus, Deus é Amor e Universal do Reino de Deus.


Veja mais em: Estudos de Religião

Artigos Relacionados


- Preparai O Caminho Do Senhor
- Gnosticismo
- Falta De Alimentos - Fome
- Religiões - Testemunhas De Jeová
- Fanatismo Fatal - Adoradores De Ufos Se Suicidaram Nos Eua
- O Crescimento Das Seitas Religiosas
- Mega Memória ? Religião (?) ? A Fé Nos Milhões

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online