PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


?A Teoria Hermenêutica de Betti?



25/11/05

JOSEF, BLEICHER. Hermenêutica Contemporânea. O Saber da Filosofia. Edições 70, Rio de Janeiro ? RJ.

Comentário acerca do
Capítulo 2: ?A Teoria Hermenêutica de Betti, pág. 45-75?.

Betti,
através da análise da teoria hermenêutica propôs um novo método de pensamento. Através
da análise do Verstehen, com método
adequado à repetição de que o autor sentiu ou pensou inicialmente. Betti
procurou adquirir um conhecimento do processo de compreensão geral i, e., de
maneira como somos capazes de transpor para a forma que compreendemos a nós
próprios e ao nosso mundo um conjunto de significados criados por outrem
(Bleicher, pág. 14). O autor vai desenvolvendo a sua teoria diante da
problemática hermenêutica entre sujeito e objeto, subjetividade e objetividade.

O
autor apresenta a sua teoria geral da interpretação, apontando a estrutura da
mente mostrando que o sujeito adquiriu a capacidade de reconhecer valores que
remete a si mesmo, a partir do instante que se deixa conduzir pelo espírito
insaciável do conhecimento, ou seja, o espírito criativo. Toda pessoa humana
que é um sujeito está ?envolvido num processo contínuo da aprendizagem e
auto-reconhecimento, através de sua comunicação como significativas? (Bleicher,
pág.47), sendo que o aprendizado que o sujeito possui através da comunicação
estar sujeito a mudanças.

Considerando
um dos caracteres importantes na teoria hermenêutica de Betti aponta-nos que
suas formulações metodológicas, devem ser consideradas frente ao caráter da
interpretação. Para aperfeiçoar a prática hermenêutica é preciso entender os
valores espirituais, com apoio da objetividade real dos objetos palpáveis, que
seriam transmitidos para mente onde se tornaria real a construção de um
trabalho literário, uma obra de arte e muito mais.Betti recorrendo à filosofia
da linguagem, conclui que a linguagem é o único meio para investigar o mundo
ideal.

Entrando
na área da epistemologia, Betti comenta que ?começamos a nossa atividade
interpretativa sempre que nos parece formas perceptíveis através da qual uma
outra mente, que se objetivou nelas, se dirigiu à nossa compreensão; o objetivo
da interpretação é compreender o significado destas formas, descobrirem a
mensagem que nos querem transmitir? (Bleicher, pág. 48). A epistemologia é designada para apresentar o estudo
crítico das ciências naturais e matemáticas<1>. A
força do carácter epistemológico vem fazer uma reflexão sobre a posição do
sujeito na construção da ciência, e colocar como mais clareza a posição da
consciência da peculiaridade do conhecimento científico em relação ao
conhecimento filosófico.

A
hermenêutica buscando compreender os fatos, com auxilio do pensamento
transforma a linguagem ?numa presença viva? (Bleicher, pág. 51). Diante de sua
compreensão constatamos que o ato da fala e o ato da escrita só ocorrem no
dia-dia, relação entre as pessoas e no contato físico. É por isso, que o
sujeito que lê textos e elabora projetos precisa manter uma relação intrínseca
com o material que é trabalhado, analisado, questionado e elaborado, tornando
possível compreender melhor umas das funções da hermenêutica: ?Interpretar, em
face de sua função é tornar compreensível<2>?.

<1> Logos.
Enciclopédia Luso-Brasileira de Filosofia.Parte 2: E-I. Verbo ? Lisboa / São
Paulo, pág. 115.

<2> BETTI Apud
Bleicher, , pág. 52.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Subjetividade, Argumentação E Polifonia
- Extensão Ou Comunicação
- A Completude Do Ordenamento Jurídico.in:teoria Do Ordenamento Jurídico
- Teorias Da Interacção
- Conceito De HermenÊutica, InterpretaÇÃo JurÍdica, Dieito E Sociedade
- Teoria Pura Do Direito
- A Construção Social Da Realidade

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online