PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


A Lama



Aquele vilarejo estava para receber a visita do rei, e os moradores resolveram fazer uma linda recepção. Convidaram todos dos vilarejos vizinhos.Ao lado do vilarejo, havia uma larga e densa campina, onde havia apenas um caminho estreito, aberto à medida em que as pessoas se deslocaram entre uma vila e outra. Para chegar ao vilarejo, algumas pessoas precisavam atravessar esse caminho. Entretanto, na véspera da esperada visita houve uma forte chuva, que deixou a relva verdejante, mas enlamaçou todo aquele estreito caminho.No dia da visita real, um visitante, morador dos arredores, elegantemente vestido, se dirigia para a recepção. Ao chegar à campina, viu aquele caminho todo enlamaçado e parou hesitante. Olhou a lama e, em seguida, as suas botas novinhas e brilhando, assim como a sua calça. "Se eu atravessar esse caminho, sujarei toda a minha roupa; acho que não vale a pena" pensou ele, retornando em seguida.Um segundo visitante, também vestido para o evento, ao chegar à campina hesitou ante a lama no caminho para o vilarejo. "Achou que esse caminho vai me sujar todo", pensou ele. Desanimado, procurou os melhores pontos para pisar no caminho, seguindo de passo em passo. Porém, alguns passos foram suficientes para desencorajá-lo. Desistiu e voltou para sua casa.Um terceiro visitante, apesar de toda aquela lama pensou: "Não posso perder a oportunidade de ver o rei". Com um objetivo em mente e determinação, de passo em passo, seguiu todo o caminho, chegando ao final com os pés enlamaçados. Lamentou, mas seguiu para a recepção real.Um quarto visitante, conhecido por sua sabedoria, ao chegar no início do caminho, parou, olhou e pensou: "como atravessarei esta campina sujando-me o menos possível?". E, ao contrário dos outros visitantes, evitou o caminho conhecido, seguindo pela relva limpa pela chuva. Chegando ao outro lado da campina, viu que suas botas estavam ainda mais limpas, e que um novo caminho estava desenhado por onde passara. Ajeitando suas vestes, seguiu para a recepção.Todos os outros visitantes que precisaram atravessar a campina, seguiram o novo caminho aberto pelo sábio.Assim também são as pessoas. Todas têm algum caminho para atingir sua meta. Algumas, temerosas pela possibilidade de alterar sua atual condição de conforto, nem ao menos iniciam a caminhada para a conquista. Outras ao menos iniciam sua busca, mas logo desistem por falta de determinação e vontade. Outras possuem determinação suficiente para a caminhada e atingem seu objetivo, mas com um certo prejuízo e a custa de um caminho que já foi aberto por outros. Mas, há aquelas que possuem determinação e não se limitam a tentar o que outros já tentaram, procurando alternativas e abrindo novos caminhos para a solução de nossos problemas. Cabe a nós escolher qual dessas pessoas queremos ser.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Site Facho De Luz - Metafísica Absoluta
- O Livre Arbítrio
- Budismo
- Ser Feliz
- Numerologia: O Caminho De Vida
- Hai Cai Não Kai
- Lenda De Nanã-buruquê

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online