PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


O Poder da Identidade



O PODER DA IDENTIDADE

O poder de ser algo que todo ser humano procura alcançar. Por meio dele cada um individualmente pode realizar os seus sonhos. Afinal o poder de ser é algo bom, isto é, quando se tem o conceito certo do ?poder de ser?. Isto é um fundamento muito importante. Quando olhamos com atenção, percebemos uma lei que está em movimento no ambiente que diz ?esforça-te, dedique-se, conquiste seu espaço...? Não é errado buscar espaço, isto deve estar constantemente em movimento na vida de cada pessoa. Mas, se observarmos, há algo de errado com a mente do ser humano, ou seja, buscam espaço de uma maneira desajustada, como se andassem fora de freqüência e fora de si mesmos. Quando observamos o ambiente em que vivemos entendemos que algo está acontecendo com cada indivíduo, chegamos então à conclusão de que o que está acontecendo em nosso ambiente é algo que chamamos de guerra global. Vamos olhar com mais atenção! Todos na verdade estão rigorosamente configurados para usar todos os meios possíveis e impossíveis para tirar do seu caminho direta e indiretamente qualquer pessoa ou objeto que o atrapalhe de chegar ao seu alvo. Isto é muito sério, pois um indivíduo ou grupo que busca seu alvo de uma maneira desajustada termina destruindo princípios importantes de relacionamentos, aliança, amizade, respeito mútuo no ambiente familiar, na sua cidade, no seu estado, no seu país e no mundo. Hoje não vivemos em um ambiente de conquista, mas em um ambiente de rivalidades, onde poucos na verdade vão sobreviver, muitos vão morrer no caminho. Chegamos então a uma outra conclusão, como ter paz mundial se não há paz individual. Percebemos, com esta afirmação, que a desordem e o caos de um ambiente são conseqüências de um desajuste mental individual. Uma pessoa nesta condição não pode produzir nada real no seu ambiente, pois todos os seus recursos e sua expressão de vida foram roubados. Se formos sinceros, ao ouvirmos os meios de comunicação, televisão, rádio, ou lermos jornais, revistas, etc..., entenderemos que há uma desordem na terra; então se há uma desordem na terra, qual a causa de todo este caos? Na verdade existe este ambiente pelo fato de cada indivíduo estar com sua mente desconfigurada, fora de freqüência, fora de si mesmo. Entenderemos que o fundamento da terra não são prédios, florestas, etc..., mas as pessoas que a habitam, e para termos um ambiente de ordem é necessário que cada indivíduo esteja ajustado consigo mesmo. O problema do desajuste mental traz como conseqüência um ambiente irreal cheio de individualismo, criando-se então um campo de guerra, onde na verdade todos direta e indiretamente são inimigos entre si. Como se pode falar em paz mundial, se as pessoas estão prontas para derrubar o primeiro que cruze o seu caminho?! É algo para se preocupar. Mas estamos chegando a um tempo de solução e resposta para todo este caos, O Poder da Identidade.

Antes de entrarmos no poder da identidade, precisamos entender identidade na sua realidade que é a capacidade que distingue uma pessoa de outra, uma habilidade para ser tudo o que for necessário conforme a ocasião. Identidade não é simplesmente só ter um nome ou uma nacionalidade, é algo mais elevado do que isto. É uma habilidade que difere cada pessoa para superar a desordem e o caos do ambiente, uma capacidade de alcançar alvos e realizar sonhos.

Existe em cada ser humano recursos que dá a ele condições para ser o necessário mediante a ocasião oportuna, e este poder está na constituição da sua identidade, a qual lhe dá a autoridade de ele ser quem de fato ele é. Pois a constituição é a lei que decreta toda expressão de vida de cada pessoa, é o meio que a capacita a manifestar a sua identidade, então, em cada pessoa já existe uma realidade onde tudo já está pronto bastando a mesma olhar para si mesma e entender o que há de fato na sua constituição interna e se mover nesta realidade. E só assim vivendo, ajustado pela sua constituição, é que o ser humano pode viver e criar um ambiente melhor para si e para os que estão ao seu lado, tornando?se excelente por natureza, e não buscando a excelência no que é externo, mas sim externando esta excelência por meio da constituição da sua identidade, pois a excelência não é algo longe ou místico ou difícil de se conseguir, mas é algo tão perto e fácil, que ela está vinculada a constituição de cada indivíduo e em manifestações diferentes.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Direito E Responsabilidade Ambiental Segundo A Cf/88
- Derrotas E VitÓrias
- Três Idéias Sobre O Desenvolvimento E Consolidação Da Inteligência
- Conceito Sobre O Poder
- Introdução Ao Ten Tao
- Consumo De Energia E Meio Ambiente
- Pintura Surrealista Estimula A Criatividade E Percepção

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online