PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


A ideologia em geral, Karl Marx.



Escreva o seu resumo aqui.

Explicação

As necessidades dos homens estão condicionadas ao trabalho. A vida é
constituída pelas gerações através do trabalho. Logo, o trabalho determina a
vida. E é justamente a vida que determina a consciência. O trabalho é produto e
chave da história. A história é um processo, um devir. Os homens fazem a
história mas não a fazem como querem, eles são ativos e passivos no processo
histórico. E a história da humanidade é a história das desigualdades entre os
homens , que teve início com a divisão do trabalho, quando o trabalho passou de
artesanal para a linha de produção. Dessa forma se estabeleceu uma diferença
entre trabalho material e trabalho intelectual. A história deixa neste momento
de ser explicada pela religião e começa a ser vista como um processo no qual o
homem é o sujeito que efetua as mudanças históricas e sofre os efeitos desta
mudança. Agora, o homem é quem produz a vida, e essa construção é um processo
ocorrido socialmente, coletivamente. O trabalho e as necessidades passam a ser
sociais, ou seja, condicionados socialmente.


que o trabalho é a chave mestra que abre todas as portas, cabe aqui uma breve
reflexão sobre o mesmo. O trabalho é a ação transformadora da realidade, ele
diferencia o homem do animal, pois o animal mesmo quando cria resultados
materiais, - o dique construído pelo castor, a casa do joão-de-barro ? sua ação
instintiva, não é intencional e deliberada. O trabalho humano é dirigido por
finalidades conscientes para superar os desafios da natureza na luta pela
sobrevivência. O trabalho ao mesmo tempo que transforma a natureza altera também
o próprio homem, o homem se autoproduz através do trabalho. O homem produz a sua própria história através do trabalho, e
o trabalho é a expressão da liberdade porém, ele só poderá chegar à liberdade
quando tiver suas necessidades resolvidas, só existem liberdade onde não existe
necessidade. Aqui o trabalho que outrora fora expressão da liberdade mostra-se
como ratificação das desigualdades.

A sociedade dividida em classes, em proprietários e não proprietários dá
aos primeiros poder sobre os segundos. Estes são explorados economicamente e
dominado através da ideologia nesse momento entra em cena o Estado (como
ideologia e aparelho ideológico) levantando a bandeira do interesse coletivo,
escondendo a sua verdadeira função que é a preservação dos interesses
particulares da classe dominante. Escondido atrás das leis, o Estado exerce sua
dominação sobre a classe explorada e conquista o seu consenso e adesão,
fazendo-a interiorizar valores que não são seus.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Marx E O Trabalho
- A CondiÇÃo Humana
- Marx - Carater Fetichista Da Mercadoria - Transformação Do Dinheiro Em Capital
- Work And Family
- O Papel Da Mulher Na Sociedade
- Karl Marx. In: O Mundo De Sofia
- Marx - Cooperação - Teses Sobre Feuerbach

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online