PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Sepetokismo - A Boa Nova de 2006



SEPETOKISMO
PROPOSTA

Sepetokismo propõe fim às intolerâncias religiosas e ateístas, convidando cidadãs e cidadãos do mundo todo à efetiva fraternidade.

Também propõe elidir preconceitos e discriminações de quaisquer tipos.

ETAPAS
FALTA DE ESPAÇO
obsta a continuidade

Veja todo o conteúdo em

http://www.overmundo.com.br/banco/sepetokismo-a-boa-nova-de-2006
(CONTINUE LENDO, SIM?)

PREMISSA

(falta espaço)


I - Cuide bem de você.

Você só pode doar o que tiver.

Como doar bens se não os tiver?
Como ensinar sendo ignorante?
Como socorrer se não tiver força?
Como orientar em se desconhecendo o caminho?
Portanto, cuide bem de você, sem ferir a ordem necessária.
(...)

II - Zele pelos afins
Não é prudente zelar pelos outros em detrimento dos seus.

Filhas e filhos, naturalmente, merecem atenção especialíssima sempre.
Netas e netos carecem de especial atenção.
Mãe e pai e avós devem receber respeito.
(...)

III - Propague e pratique
fraternidade.
Sempre há alguém necessitando de uma mão amiga.

Ajude associações filantrópicas sérias.
Diga sim a situações emergenciais.
Doe esmola com redobrada cautela.
Podendo, faça doação extra consciente.
Fiscalize e facilite ser fiscalizad(a)o.
Pense muito em doação compulsória.
Analise.
Confabule.
Primeiro, as necessidades primeiras.

IV - Mulher e homem
têm suas igualdades.
O sexo é um fator diferencial meramente orgânico.

Homem e Mulher não devem ostentar primazia nem supremacia de gênero.
Mulher e Homem detêm peculiaridades próprias dignas de muito respeito.
Ascensão e rebaixamento não devem levar em conta o sexo nem situação sexual.
Andrógen(a)os farão a sua opção.
Qualquer homossexual é cidadã ou cidadão sem qualquer preconceito.
Nem heterossexuais nem homossexuais devem promover escândalo ou perturbar a ordem.

V - Case-se, se assim preferir.
Amor, prazer e companheirismo são imprescindíveis a qualquer união.

Quando casar obedeça ao coração e leis locais.
Verifique aceitação recíproca das propostas.
(...)
Pessoas do mesmo sexo podem casar-se, caso assim optem, mas em consonância com a Carta Maior ou seus adendos.
Os cônjuges em comum devem escolher pela tradicionalidade ou liberalidade ? com aceitação mútua.

VI - Evite encontros fanáticos.
Aderir cegamente a uma doutrina pode ser copioso repasto à inescrupulosidade.

Explicar o desconhecido requer elaboração de mito mesmo que assertivo.
É cômodo achar um culpado para qualquer problema.
Incutir a existência de ente salvador pode, não raro, haver interesse ganancioso.
Garantir salvamento fictício pode incorrer em oportunismo.
Redobrar a sobriedade em doação qualquer.
Todavia, irmandade bem dirigida, bem seguida, vai a bom termo.

VII - Não deprecie nem prejulgue.

Um pensamento que não coadune merece reflexão.


O progresso é crescente e gera confusão.
Mudanças requerem ajustes bons.
Coisas simples podem ameaçar impérios.
Realezas apenas duram menos ou mais.
Obtenhamos sucessos, não vitórias.
Havendo a vitória, forçosa é a derrota.
Derrotar alguém não pode ser bom.
Enaltecemos, pois, todos os sucessos.

VIII - Contribua racionalmente.

Se você não souber efetivamente o destino não deve contribuir.

Ainda existem angariações sérias.
Infelizmente existem coletas espúrias.
Nunca contribua em clima de comoção.
Inclua depósito poupador no orçamento.
Não comprometa seus rendimentos, exceto em lucrativos negócios.
Fraternidade deve ser organizada.
Confraria não pode olvidar constituições.
As leis devem ser atualizadas.
Os legisladores devem ser rodiziados.

IX - Seja progressista.
Avante, sempre, em todos os sentidos, sem receio de recuar quando necessário.

Registros antigos ajudam muito em se captando a essência boa.
Tente adaptar todos ensinamentos à contemporização.
Futuro próspero depende da História e de ensinamentos sadios na atualidade.
Cultue o progresso de molde a não macular as boas índoles.
Inicie o progresso vencendo batalhas internas.
Modismo é diferente de progresso.

X - Evite transgredir.
As grandes transgressões têm como origem pequenas infrações.

Participe do grupo no qual consiga inicialmente seguir as normas.
Os regulamentos dão sustentação à sobrevivência.
Tudo o que desrespeita é mau.
Necessário se faz elaborar leis novas.
Qualquer mandamento é passível de maleabilidade, a seu tempo.
Pense bem e elabore sugestões.
Quem cometer crime merece reclusão, conforme leis, mas não em ociosidade.
Ninguém pobre merece esquecimento.

XI - Participe positivamente,
inclusive na política.

Capitalismo com eqüidade mais socialismo também sério é a soma perfeita para divisão justa.

A participação em política séria é dever.
Não seja maria-vai-com-as-outras.
Cuide que ninguém lhe faça a cabeça.
Prepare-se a responsabilidades.
Lembremos que a Terra é delimitada.
Atente a Trabalho-Capital-Consciência.
Exponha educadamente suas opiniões.
Convide à reflexão e saiba reconsiderar.
É ainda tempo de prevenir do caos social.

XII - Não deve existir
ente fantástico do mal.
Descarte a idéia de superior apto que tolere sempre alguém menor atrapalhando sempre.

Acontecem coisas realmente estranhas.
Depressão mental merece cuidado.
Charlatanismo nem sempre está ausente.
Pensamentos positivos ajudam muito.
Existem evidências científicas claras.
Nunca é feio pedir socorro.
Sobreviva com saúdes mental e física.
Trabalhe sua mente.
Não olvide Inefável.

XIII - Ajude nos transportes.
É necessário ganhar tempo.

Facilite locomoção, no que puder.
Dê carona, se com segurança.
Seja gentil nos trajetos.
Se dirigir uma viatura, seja camarada.
Como participante de lotação, demonstre muita civilidade.
Atenue a complexidade do trânsito.
Deixe longe o mau humor.
Tenha a sobriedade por companheira.

XIV - Inove positivamente.
Tudo que beneficiar a comunidade no geral será bom a todos em muitos particulares.

Todas as idéias merecem ser analisadas.
Reconsidere sempre que necessário.
Contribua com algo bom.
Seja parte positiva de Inefável.
Participe.
Lapide.
Ajude a melhorar.
Felicidade e progresso - meta de todos.

FALTA DE ESPAÇO - obsta a continuidade

Veja mais em

http://www.overmundo.com.br/banco/sepetokismo-a-boa-nova-de-2006
Autor: APARECIDO LADISLAU FAVINI
[email protected]
(email, orkut, MSN)
2006/2007 ? Salvador BA - BR


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Seja Banal Em Sua Vida !
- Marketing Simplificado - Como Fazer As Coisas Acontecerem De Forma Simples E Rápida.
- Saiba Tudo Que A Disciplina Pode Fazer Por VocÊ
- Reflentindo
- Associedade Sobre Homem Sexual
- Fantasia Sexual,preocupações Mais Comuns Dos Cristãos
- A Guerra Do Fogo No Casal

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online