PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


" LIFE EXTENSION "



Se você quiser ter uma vida como a do protagonista de Vanilla Sky, já há empresas que fazem esse serviço.
Alguém já foi preservado por meio da criogenia? Muitas pessoas estão armazenadas nas instalações de preservação criogênica. Provavelmente o mais famoso deles é a lenda do beisebol Ted Williams (leia história mais adiante). Porém ninguém foi revivido, pois a tecnologia para isso ainda não existe.
Os críticos dizem que empresas que fazem a preservação criogênica estão simplesmente enganando pessoas para ganhar dinheiro com a promessa de uma imortalidade que não podem oferecer. Até os cientistas que fazem a preservação criogênica dizem que não conseguiram reviver ninguém - e não esperam ser capazes de fazê-lo em um futuro próximo. Um dos problemas é que, se o processo de aquecimento não for feito exatamente na velocidade correta, as células podem congelar e explodir.
Embora as pessoas em suspensão criogênica não tenham sido revividas ainda, alguns organismos vivos já foram trazidos de volta da morte ou de um estado próximo da morte. Desfibriladores e ressucitação cardíaca trazem pessoas acidentadas e que sofreram ataque cardíaco de volta da morte praticamente diariamente. Os neurocirurgiões geralmente resfriam os corpos dos pacientes para que possam operar aneurismas - vasos sanguíneos aumentados no cérebro - sem danificá-los ou rompê-los. Os embriões humanos congelados em clínicas de fertilização, quando descongelados e implantados no útero da mãe crescem e transformam-se em seres humanos normais.
Os criobiólogos estão esperançosos que uma nova técnica chamada nanotecnologia torne possível reviver as pessoas algum dia. A nanotecnologia utiliza máquinas microscópicas para manipular átomos - as menores unidades de um organismo - para construir ou reparar virtualmente células e tecidos humanos. Espera-se que, algum dia, a nanotecnologia repare não somente os danos celulares causados pelo processo de congelamento, mas também os danos causados pelo envelhecimento e por doenças. Alguns criobiólogos prevêem que a primeira ressuscitação criogênica poderá ocorrer por volta de 2040.

Um rebatedor famoso está congelado no tempoDesde sua morte em 2002, a lenda do beisebol Ted Williams foi armazenada em um recipiente de aço inox de 3 m de altura na Alcor Life Extension Foundation, no Arizona, a maior instalação de preservação criogênica do mundo.
Porém a história não termina aqui. Após sua morte, o astro tornou-se alvo de uma bizarra batalha pela sua custódia. Sua filha, Bobby-Jo Williams Ferrell, brigou na justiça pelo direito de trazer o corpo de seu pai de volta de modo que pudesse cremá-lo e jogar suas cinzas em Florida Keys, como dizia ser o desejo dele. Ela acusou seu meio-irmão John-Henry Williams de querer preservar o corpo de seu pai para que pudesse ganhar dinheiro com seu DNA. Porém, John Henry e sua irmã Claudia disseram que assinaram um pacto com seu pai em 2000 prometendo congelar seu corpo. Finalmente os três chegaram a um acordo. Foi permitido que Ted Williams permanecesse onde estava e John-Henry prometeu não vender o DNA de seu pai.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- UniÃo Do Pensamento Com O Sentimento
- Bomba Atômica
- UniÃo Do Corpo Com A Alma
- Aprendendo Com A Internet
- Vida ApÓs A Morte
- John Gebhardt No Iraque
- Do Direito Moral

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online