PUBLICIDADE

Página Principal : História


O Século Inacabado _ A América desde 1900



Saldos da guerra: Violência e racismo.

Deixando um saldo de 600 mil mortos e prejuízos de 8 bilhões de dólares, a Guerra de Secessão criou profundos ressentimentos entre os americanos.

No ano da rendição do Sul, o presidente Abraham Lincoln foi assassinado pelo sulista John Booth num teatro de Washington.

As populações do sul continuaram resistindo à abolição da escravidão, alimentando violento racismo contra os negros. Os mais radicais fundaram associações terroristas, como a Ku Klux Klan, que até hoje persegue populações negras.

Ao final da guerra civil, os negros do Sul não usufluíram de alivio. Os brancos sulistas se empenharam em criar leis de discriminação racial, as chamadas Jim Crow laws, que culminaram em 1910 com a completa abolição dos direitos dos negros sulistas.

Além de serem comuns as agressões físicas, os linchamentos e os homicídios, os negros estavam também sujeitos a humilhações cotidianas. Cidadãos negros, por exemplo, que tivessem até um oitavo de sangue africano, só podiam viajar nos vagões de trem especialmente destinados a pessoas ?de sua raça?.

Nos tribunais sulistas, nenhuma pessoa negra podia depor como testemunha contra um branco ou se atrever a prestar queixa ou acusação formal, pois as conseqüências eram violentas. Os xerifes dos condados rurais costumavam fazer batidas em que centenas de negros eram detidos e só eram soltos, a titulo de empréstimo, para trabalhos forçados por conta de empreiteiros. Além disso, os crimes praticados pelos brancos sobre os negros nem eram levados em conta pelos promotores públicos.

Embora no Norte o tratamento aos negr Saldos da guerra: Violência e racismo.

 Deixando um saldo de 600 mil mortos e prejuízos de 8 bilhões de dólares, a Guerra de Secessão criou profundos ressentimentos entre os americanos.

 No ano da rendição do Sul, o presidente Abraham Lincoln foi assassinado pelo sulista John Booth num teatro de Washington.

 As populações do sul continuaram resistindo à abolição da escravidão, alimentando violento racismo contra os negros. Os mais radicais fundaram associações terroristas, como a Ku Klux Klan, que até hoje persegue populações negras.

 Ao final da guerra civil, os negros do Sul não usufluíram de alivio. Os brancos sulistas se empenharam em criar leis de discriminação racial, as chamadas Jim Crow laws, que culminaram em 1910 com a completa abolição dos direitos dos negros sulistas.

 Além de serem comuns as agressões físicas, os linchamentos e os homicídios, os negros estavam também sujeitos a humilhações cotidianas. Cidadãos negros, por exemplo,  que tivessem até um oitavo de sangue africano, só podiam viajar nos vagões de trem especialmente destinados a pessoas ?de sua raça?.

 Nos tribunais sulistas, nenhuma pessoa negra podia depor como testemunha contra um branco ou se atrever a prestar queixa ou acusação formal, pois as conseqüências eram violentas. Os xerifes dos condados rurais costumavam fazer batidas em que centenas de negros eram detidos e só eram soltos, a titulo de empréstimo, para trabalhos forçados por conta de empreiteiros. Além disso, os crimes praticados pelos brancos sobre os negros nem eram levados em conta pelos promotores públicos.

 Embora no Norte o tratamento aos negros fosse mais ameno, aí também se acreditava que os negros eram incondicionalmente inferiores aos brancos.

 os fosse mais ameno, aí também se acreditava que os negros eram incondicionalmente inferiores aos brancos.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Será O Fim Do Preconceito Racial?
- Discriminação Racial
- Preconceito Racial
- Aplicação Dano Moral Decorrente DiscriminaÇÃo No Ambiente De Trabalho
- O Negro No Futebol Brasileiro
- Ku Klux Klan
- Eu Tenho Um Sonho

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online