PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Não sei Se O Mundo Parou



Não Sei se o Mundo Parou? Não sei se o Mundo parou? Serei Eu que parei nele? Porque razões desespero Porque razões vejo NELE A força para lutar A Força para ser forte E Nunca mais desistir E Poder ultrapassar tudo aquilo Qu& acute;hà de vir? Ser Forte, ter Fé, ter Esperança Naquele Futuro incerto que me faz desesperar? No presente de incerteza onde forças vou buscar? E nesta minha loucura que jamais eu vou deixar? Não vou deixar de ser louco, de lutar contra o destino Não nem isso tão pouco de fazer como o intestino Que deixa que tudo chegue, que nele tudo lhe caia E, depois? como a desgraça Da digestão que não queria, Da comida mastigada com aquela correria Ir gritar pelo Gregório dizendo que não podia! Não, não vou ser tresloucado ou viver na ilusão De dizer que a natureza é justificação A Natureza não é aquilo que nos parece Nem tão pouco permanece nos confins de cada mente A Natureza somente nos dá a força e o saber, Mas a procura do Mundo Daquilo que precisamos, não se encontra só por querer, Também se encontra na VIDA que é o mais belo ser, Também se encontra no Sonho no desejo de Viver, Na Alma que dedicamos quando algo há p´ra fazer, E que Nunca Alguém se esqueça ou pense que tem a força Para dizer ?Tive Azar? ou então ?Não Vale a Pena?, Será qu´há força maior que o nosso desejar Sem pensarmos que alguém nos vai poder parar?... Não, decididamente não, não podemos esmorecer ou acreditar Que vem algo com força p´ra nos vencer Nós temos força que chegue para poder acreditar Que Mundo sendo passagem não é para Pensarmos que estamos na paragem, Pois aquele que assim pensar e seguir critérios tais Não vai conseguir vencer, Não vai Ser Forte e Veloz Vai apenas tão-somente Contribuir p´ra qu´alguem O derrote num instante e deseje que este Mundo Se vire ao bel-prazer De quem tudo quer fazer ou então Querer fazer tudo Sem pensar que o fazer Não depende tão-somente de fazer ou não fazer, Depende podeis querer Apenas da nossa força, do querer é poder Do ter esperança naquilo Que parece o impossível, Naquilo que desejamos e queremos ter par isso Aquela força maldita que nos leva ao infinito Aos confins do que queremos Ao horizonte limite Da linha no infinito Da vertical que não quer Ter aquele ângulo recto e não ser perpendicular Mas ser linha paralela ao fim que cada um traça Tirar daquele horizonte o filme que nunca passa Mostrar que inda tem força e lutar para vencer O diabo ou o demónio A solidão que não quer O destino que recusa Futuro não querer perder, E, então com pensamento de quem recusa ser vencido Dizer ao tempo que passa À dificuldade surgida À oportunidade perdida E a quem não nos quer Bem Que a vida vale isto tudo, A luta pela derrota A batalha pela guerra E ainda que não se saiba se estamos a caminhar Arranjar umas muletas que nos ajudem nas lutas E no destino traçado, E também algum cuidado Para nunca esmorecer Pois o Lema é só lutar Não ser vencido VENCER!


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Derrotas E VitÓrias
- Versão Do Amor No Ser Humano
- Quem Tem Coragem De Rir É Dono Do Mundo.
- Frases Sartre
- Todos Queremos Mais,esperanÇa
- Nietzsche E A Filosofia
- Www.komissar-rex.blogs.sapo. Pt

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online