PUBLICIDADE

Página Principal : História


A REPÚBLICA DE WEIMAR (1919-1933)



Batalha do alimento: Na Alemanha, a luta do povo para sobrevier à fome.

Durante a Primeira Guerra Mundial, a fome foi um dos maiores problemas enfrentados pelas populações das cidades alemãs. Leite, manteiga, batatas tornaram-se produtos de luxo. Só eram encontrados no mercado negro e comprados apenas pelos ricos.

Quando havia alimentos à venda, havia também racionamento. Cada pessoa só podia comprar um ovo, 2,5kg de batatas, 20g de manteiga e até 190g de carne por semana.

A população pobre era a que mais sofria. Quase duzentas mil pessoas entrava diariamente em varias filas para conseguir comer um prato de sopa distribuído pelo exercito. Como conseqüência da miséria, o roubo era inevitável. Roubavam desde roupas até cães para matar a fome. Muitas crianças sobreviviam apenas com ralas sopas de batata ou com as frutas que apanhavam nos quintais das casas.

Com tanta fome, as mortes não ocorriam apenas nos campos de batalha. A desnutrição tornava as pessoas vulneráveis às doenças. A tuberculose, o tifo, a cólera e as epidemias mataram milhares de pessoas na Alemanha, durante a guerra.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- David Beckam&company Vs Fome Mundial
- O Livro Negro Da Fome
- Conquista Sangrenta
- Desemprego: Um Retrato Da Desigualdade
- Protocolo
- Crianças Em Meio A Guerra
- Crianças Abandonadas

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online