PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Decepção filosofal



Quando iniciei a leitura do livro A Escada dos Fundos da Filosofia do autor Wilhelm Weischedel (1905-1975), imaginei que a filisofia me levaria ao prazeiroso mundo da crítica sem culpa. Depois começo a perceber que se faz uma defesa ferenha da filosofia como conceito e não com algo de origem do dom humano, que era o que eu esperava. Se a escada dos fundos revela pontos obscuros como arrogância e e supremacia tirana, por que logo depois avalia que a porta da frente sobrepõe a bagunça do porão? Descrever filósofos é tão sofismático quanto basear a filosofia no profundo conhecimento adquirido com o pensar para formar conceitos. Não é fácil admitir que todos tiveram e terão sua fatia conceitual validada, já que a filosofia por inteiro inspira um dom nato de avaliar uma situação sem avaliar seu promotor (o ser humano). Por mais desprovido que um indivíduo seja de ambições pessoais, mais cedo ou mais tarde imperará sua vontade de concertar o mundo a sua maneira. Então, filosofia não é um conceito, é sim uma forma de convencer um grande ou pequeno grupo de humanos de que o saber profundo mais vale do que um saber cotindiano. Portanto, a sabedoria popular nada mais é (ou será) do que sofismas - porém, garantem a sobrevivência de uma maioria absoluta.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Objetivo Da Filosofia
- Definição De Filosofia
- Pergunte A Platão
- Filosofia
- Não Se Perca Por Perdidos
- Humano, Demasiado Humano
- O Que é Filosofia?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online