PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


DIALÉTICA DO ESCLARECIMENTO



DIALÉTICA DO ESCLARECIMENTO A Dialética do Esclarecimento pode ser interpretado como a dialética negativa. Apesar de os autores esclarecerem no prefácio que ?o livro foi redigido num momento em que já se podia enxergar o fim do terror nacional-socialista?, não se pode desconsiderar o momento conflituoso e as dores de duas grandes guerras que marcaram toda a trajetória da humanidade, bem como as mentes dos estudiosos. As profundas marcas deixadas, certamente contribuíram para que a análise realizada e as conclusões produzidas tivessem este gosto amargo que percebemos em suas teses. Adorno e Horkheimer querem nos fazer entender que ?o progresso do pensamento tem perseguido sempre o objetivo de livrar os homens do medo e investi-los na posição de senhores?. O homem que jazia subjugado às forças da Natureza, a mercê da vontade soberana de Deus e amedrontado com as explicações mitológicas dos fenômenos naturais, alcançaria, com o esclarecimento (o domínio da ciência) sua autonomia. E é exatamente onde eles se fazem mais pessimistas e afirmam que ?a terra totalmente esclarecida resplandece sob o signo de uma calamidade triunfal?. O esclarecimento era o desencantamento do mundo. As três grandes invenções do período, a imprensa, o canhão e a bússola, que são sempre apontadas como marcos para o desenvolvimento e modernização do homem, que a partir delas o mundo se tornou outro, são criticados pelos autores como algo previsível, e que aconteceu por acaso. Na verdade, o que é importante, o que fez a diferença, a superioridade do homem foi o saber. Não nas ?coisas?, mas o saber em si.O saber não pode ser comprado ou roubado. O saber é soberano, e eles recorrem a Bacon e seus estudos sobre a mentalidade da ciência e afirmam que ?o entendimento que vence a superstição deve imperar sobre a natureza desencantada?. O saber é poder, e este está à disposição de todos. ?O que importa não é aquela satisfação que, para os homens, se chama ?verdade?, mas a ?operation?, o procedimento eficaz?. O que importa é trabalhar, buscar, descobrir o desconhecido, e assim tornar a vida melhor. Está aí a função da ciência, o seu verdadeiro objetivo: melhorar a vida das pessoas. E conclui que ?não deve haver nenhum mistério, mas tampouco o desejo de sua revelação?. ?Desencantar o mundo é destruir o animismo?. E assim não admitir a existência dos deuses e da alma que antes acreditavam dar vida às coisas inanimadas. ?O mundo torna-se o caos, e a síntese, a salvação?. Afirmam que ?no trajeto para a ciência moderna, os homens renunciaram ao sentido e substituíram o conceito pela fórmula, a causa pela regra e pela probabilidade?. Logo, tudo aquilo que ?não se submete ao critério de calculabilidade e de utilidade torna-se suspeito para o esclarecimento?. Quando o esclarecimento foge ao mito, se contrapões a ele com a força do ?pensamento? e com seu poder libertador se torna ele mesmo um mito. O esclarecimento é totalitário, o homem, na verdade não se liberta, e sim, torna-se dominado pelo próprio esclarecimento deduzido, pelas forças da cotidianidade. Assim, ele vive um grande drama. E ?o mito converte-se em esclarecimento, e a natureza em mera objetividade. O preço que os homens pagam pelo aumento de seu poder é a alienação daquilo sobre o que exercem o poder?. Aqui reside um dilema: ele é senhor ou escravo? O homem esclarecido não se submete mais ao mito, a dogmas religiosos, porém, fica submetido ao capital, a produção, a instrumentalização. A cultura e a arte se transformam em mercadoria. O próprio saber que prometia a libertação passa a ser mercadoria. Onde está a libertação? Na verdade todo o potencial emancipatório está voltado para a reprodução de um sistema que acena com a libertação e, no entanto, domina e sujeita o indivíduo. Fazendo-o crer que é livre torna-o escravo.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Resposta à Pergunta: ?que é Esclarecimento?? (aufklärung)
- Albert Camus E O Mito De Sísifo
- QuestÕes 617-a Até 619 Do Livros Dos EspirÍtos
- René Descartes: Dúvida Como Método E Certeza Como Busca
- Fenomenologia Do Espírito
- Frases Sartre
- Antes De Ler O Livro Que O Guru Lhe Deu Você Tem Que Escrever O Seu

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online