PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Históriada Filosofia - Pré-socráticos (Heraclito)



De Heraclito a Demócrito o problema do Ser tem uma série de predicados que são contraditórios com o comportamento das coisas. A consciência dessa contradição é um problema. Como o pau submerso na água que é direito ao tacto e partido à vista, que é e não é. Ao dizer que uma Coisa é branca temos a coisa, a brancura é o ser que as penetra e faz com que uma coisa seja branca. este problema do ente penetrar em todos os problemas da filosofia posterior a Parménides. Heraclito nasceu na Ásia Menor e viveu entre os sécs. VI e V e descendia de uma família real mas renunciou a isso para se dedicar à filosofia. Desvalorizava e condenava a religião popular. Apelidaram-no de "melancólico" e "obscuro". O devir: tudo flui. Não podemos tomar banho duas vezes seguidas no mesmo rio pois o rio flui e as águas não são as mesmas. A realidade é mudança, a substância primordial é o fogo por ser o que mais facilmente se transforma. A guerra é a mãe de todas as coisas, a discórdia, a contrariedade é a origem do mundo. A ama seca, a que mais se parece com o fogo, é a melhor de todas, a alma do sábio. A humidade parece-se com o barro, é uma alma inferior. apresenta várias semelhanças com Parménides, inverte a terminologia e faz das coisas uma contínua mobilidade. Afirma, inclusivamente que " confessar que todas as coisas são uma" é o nous em comum a todos. Heraclito introduz um novo conceito o logos do qual afirma predicados tradicionais da filosofia de Parménides. O Logos, (que não é o sábio nem sabedoria) é uno e eterno, é separado de todas as coisas (como em Parménides). heraclito adverte que devemos seguir o comum e esse é o Nous. isto está claro no fragmento " os que estão acordados têm um mundo comum, mas quando estão a dormir volta cada um para o seu mundo particular. vemos dois homens, o acordado, que segue o comum, e nous, é ele que chega a " o sábio" que é uno e sempre, que está no seu mundo particular; o de cada um está na opinião. Aí é onde tudo é mudança e devir. A chave para esta dualidade é dada por Heraclito " a natureza gosta de ofuscar-se". O mundo oculta o logos, o que verdadeiramente é, separado de tudo. é necessário descobri-lo. Quando o descobrimos encontramo-nos com todos os predicados do ente de Parménides. O homem como coisa do mundo está sujeito ao devir mas tem algo de comum, especilamente se tem a alma limpa, seca, então tende ao logos, não é logos, senão seria Deus, é só filósofo. Num sentido geral a filosofia de Heraclito é uma tentativa de interpretação do movimento convertendo-o em mutação contínua separando o logos do todo. O ser continua separado de todo o movimento e multiplicidade. Estamos no âmbito da metafísica e Parménides.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Platão - A Teoria Das Idéias
- O Nascimento Da Ontologia, Da Metafísica E Da Lógica
- Parmênides: Nasce A MetafÍsica E A LÓgica
- Diferença Entre Mito E Filosofia - Pré Socráticos
- O Ser
- Os Filósofos Pré-socráticos
- Pensamento Eco-filosófico De Heráclito

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online