PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Conhece-te a ti mesmo



O "EU" socrático tem como ponto de partida para o conhecer a frase " conhece-te a ti mesmo". Sócrates fez da filosofia um exame incessante de si próprio e dos outros, de si próprio em relação aos outros; dos outros em relação a si próprio. Para Sócrates a primeira condição deste exame é o reconhecimento da própria ignorância. Quando Sócrates conheceu a resposta do Oráculo que o proclamava o homem mais sábio de todos, ele ficou surpreendido e andou a interrogar os que pareciam sábios e deu-se conta de que a sabedoria deles era nula. Então Sócrates compreendeu o significado do Oráculo: nenhum dos homens sabe verdadeiramente nada, mas é sábio apenas quem sabe que não sabe, não quem se ilude com saber e ignora assim até a sua própria ignorância. E, na realidade, só quem sabe que não sabe procura saber, enquanto os que crêem que estão na posse de um saber fictício não são capazes da investigação, não se preocupam consigo mesmo e permanecem afastados do saber, da verdade e da virtude. Sócrates para promover nos outros este reconhecimento da própria ignorância utiliza a ironia. Ironia que é a interrogação que têm por objectivo revelar ao homem a sua ignorância, abandoná-lo à dúvida e à inquietação para o obrigar à pesquisa.


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- O Julgamento De Sócrates
- Antes E Depois De Sócrates
- Três Lições De Filosofia Da Educação.
- Diálogos
- Platão E A Alegoria Da Caverna
- Objetivo Da Filosofia
- O Mito Da Caverna

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online