PUBLICIDADE

Página Principal : História


Uma Breve História do Azeite



O código de Hamurabi já regulamentava seu comércio cerca de quatro mil anos atrás; e já se comercializava o óleo há três mil anos no Egito.

A oliveira representava símbolo de paz e sabedoria. Por isso, Sólon (639- 559 a.C.), um dos sete sábios da Grécia antiga, introduziu a primeira lei de proteção à oliveira, que proibia o corte da árvore e a exportação de qualquer produto agrícola que não fosse o azeite, além criar de regras para o plantio.

No império romano o produto extraído de azeitonas ainda verdes o de maior qualidade.

a olivicultura se concentrou na região Mediterrânea, com clima mais propício. Oliveiras se espalharam pela Itália, com grande auxílio da família Médici, que cedeu terras para o governo, na Toscana, com intuito de transformá-las em olivais ou vinhedos.

A cultura árabe teve influência fundamental no cultivo da oliveira.

O azeite passou por diversos estudos, adaptações, novas técnicas de poda, prensagem, mecanização da colheita e outros, melhorando assim sua qualidade e alcançando o status que possui hoje.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- GrÉcia Antiga
- Império Bizantino
- Sobre A Renda Da Terra - Parte Ii
- Açucar: Nem Sempre Foi Assim...
- Mundo Clássico
- Civilizações Primitivas - Os Etruscos
- O Governo Dos Índios Sob A Gestão Do Spi

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online