PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


A Morte de Lindóia



No antigo bosque, escuro e negro, onde uma fonte rouca murmura, coberta de rosas, encobre uma caverna...

 Neste lugar delicioso e triste, cansada de viver; tinha escolhido para morrer a mísera Lindóia.

 Dormia no mimo das flores, na melancolia fúnebre de um cipreste.

 Envelada por seu corpo, uma serpente lhe passeia, cingindo-lhe o seio...

 Em negro sangue o lívido veneno...

 Os olhos, em que Amor reinou um dia, cheios de morte; muda, a língua que tantas vezes contou a história de seus males.

 Não sofre o pranto...conserva o pálido semblante.

 O alheio crime; a voluntária morte..um não sei que de magoado e triste, que aos corações mais duros internece... Tanto era bela no seu rosto a morte...


Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- "que Os Mortos Enterrem Os Mortos"
- Http://ricardocosta.com/pub/ Morte.html
- Palavrass
- Dialogues Of Negritude
- Pablo Picasso _ Fases
- O Mito Da Caverna
- Bíblia - José E Irmãos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online