PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Crônica sobre "A criação do pecado"



  A criação do pecado

Desde há muito tempo o mundo quis saber como foi que Deus criou o homem à sua imagem e semelhança. Pois bem, foi da seguinte forma.

Após o Senhor Deus ter feito todo o universo, rios, luz, calor, frio, noite, dia, plantas, Ele viu que haveria de criar habitantes para aquele paraíso. Era, pois, o sexto dia e nesse dia completaria a sua criação. Pensou: farei uma criatura à minha imagem e semelhança. E saiu o Senhor andando pelo imenso jardim pensando no seu projeto. Eis que uma folha de bananeira bateu em seu ombro, dando-lhe uma excelente idéia. Ele rasgou a folha, esfregou-a nas mãos, soprou e deu vida ao primeiro ser, a que Ele achou muito engraçado. E disse ao ser recém criado.

- Comerás de todos os frutos...

Mal Deus começou a pronunciar sobre o que ele devia fazer ou não, no Paraíso, este saltou do chão aos pulos para alcançar um cacho de bananas maduras, comendo-as numa tremenda gula... Deus assustado disse.

- Não posso confiar nesta criatura...

E o ser recém criado ficou do alto comendo bananas e atirando as cascas em Deus. E devido as suas macaquices, Deus o chamou de macaco. E para que este primata não fosse dono de tudo aquilo, Deus fez a ele uma macaca de presente. Dali, Deus se retirou e foi para a beira de um rio. Ali, como estava um vento fresco, Ele fechou os olhos e imaginou que a sua imagem poderia ser a dos ares e eis que fez surgiu o pássaro. E disse Deus...

- Este há de compreender a minha proposta...

Mas o pássaro não se aproximou do Criador e preferiu voar bem alto. Deus sorriu ao ver aquele ser tão esperto e tão difícil de dominar e tendo dó, que ele ficasse só, deu-lhe uma passarinha como companheira de vôo.

Deus tentou criar outros seres: coelho, raposa, galo, coruja, cão, lagarto... um tanto. Mas nenhum deles foram capazes de dar ouvidos às suas propostas... A todos eles, Deus presenteou com companheiras...

E algum tempo depois, foi então Deus estar nas montanhas. Lá, ele criou o leão, a onça e o leopardo e todos os seres grandes e fortes, mas estes também mostraram indiferentes à sua proposta... E a todos Deus também presenteou com suas fêmeas. E Deus criou os insetos, os anfíbios, os répteis, mas nada conforme o seu projeto.

E Deus ia desistir de criar outros seres, mas, ao sentir os seus pés roçar sobre a areia fina e fria, Ele abaixou, pegou um pouco de areia e soprou lentamente. Eis que surgiu em sua frente uma criatura parecidíssima com Ele. A esta criatura Ele chamou de homem. E antes que o homem também recusasse a ouvir a sua proposta, ele o adormeceu e tirou de uma de suas costelas a fêmea, qual a chamou de mulher. E os dois ficaram ali, tranquilos, a olharem para Ele. E então decidiu o Senhor dar a eles a ordem ?sobre o fruto da árvore da sabedoria? e os dois mostraram inteligência, obedeceram-no até que a serpente aparecesse para cumprir o que já estaria predeterminado: o pecado e tudo nele incidido, como a um patrimônio.




Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Bíblia - A Criação Do Universo
- CriaÇÃo De PÁssaros
- Deus Fez O Homem A Sua Imagem E Semelhança!
- Você Conhece Jesus ???
- Diálogo
- Jonas
- Família - O Eterno Propósito De Deus

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online