PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


Baruch Spinoza. In: O Mundo de Sofia



Baruch Spinoza foi um filósofo holandês que recebeu influências de René Descartes. Spinoza pertencia à comunidade judaica de Amsterdã, mas foi excomungado por heresia. Ele contestava o fato de que cada palavra da Bíblia fosse inspirada por Deus e dizia que quando a lemos temos que fazê-lo com uma postura crítica. Com essa forma de pensar, Spinoza foi sendo isolado por todos, até por sua família. Seu sustento provinha do polimento de lentes e isso tem um significado simbólico, pois a tarefa de um filósofo é justamente ajudar as pessoas a ver a vida, o mundo de um modo novo. Em sua filosofia é fundamental enxergar as coisas sobre a perspectiva da eternidade. Spinoza era panteísta, ou seja, achava que Deus estava presente em tudo que existia. Em relação à ética, ele a entendia como a doutrina de como se deve viver para ter uma boa vida. Spinoza também era racionalista e pretendeu mostrar que a vida do homem é governada pelas leis da natureza. Ele acreditava que o homem tinha que se libertar de seus sentimentos e sensações para só então encontrar a paz e ser feliz. Spinoza era monista (acreditava somente numa natureza material, física). Spinoza considerava Deus, ou as leis da natureza, a causa interna de tudo o que acontecia. Ele tinha uma visão determinista. Spinoza defendeu de forma enérgica a liberdade de expressão e a tolerância religiosa.




Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Descartes. In: O Mundo De Sofia
- Os Prediletos De Deus
- Etica (partes Iii, Iv E V)
- Ética (livro I E Ii)
- La Nature,notes Cours Du Colege De France
- Giordano Bruno
- George Berkeley. In: O Mundo De Sofia

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online