PUBLICIDADE

Página Principal : História


Linha do tempo - Uma viagem pela história da humanidade



O dinheiro no Brasil passou fases um tanto quanto inusitadas, das trocas de conchas originais da África, açúcar, tabaco e até o florim holandês, o País teve várias moedas até chegarmos ao real.

Em 1500 os portugueses usavam o tostão, português, cruzado, vintém e são-vicente, do descobrimento do Brasil até 1942 a moeda mais utilizada foi o real português rebatizado por "réis"; em 1614 no Rio de Janeiro o açúcar foi usado como moeda oficial.

Com o surgimento da Casa da Moeda do Brasil em 1727 surgem as primeiras moedas cunhadas com o perfil das que usamos hoje, no formado "cara" e "coroa". Em 1942 surge o cruzeiro no governo de Getúlio, substituindo o réis com o primeiro corte de três zeros e com a inclusão dos centavos.

Em 1967 o cruzeiro novo substitui o cruzeiro e cortando mais três zeros, vai até 1970 quando é substituido pelo cruzeiro, este por sua vez é substituido pelo cruzado em 1986, o cruzado deu lugar ao cruzado novo em 1989, em 1990 a moeda brasileira volta a se chamar novamente de cruzeiro, em 1993 de cruzeiro real, é criado um indexador chamado de URV ou unidade real de valor e quando a inflação alcançou o estratosférico percentual de 3700% ao ano passa para real, à época uma URV equivalia a 2.750 cruzeiros reais, passando a valer um real ou R$ 1,00.

Todas essas trocas foram acompanhadas de desvalorização, hoje temos um cenário de valorização da moeda brasileira até em nível internacional, espera-se que continue assim.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- A Verdade Sobre A Bandeira Brasileira
- A História Do Dinheiro
- O Que Você Sabe Sobre Os Nossos Presidentes?
- Mercosul
- Quanto Custa Se Drogar
- Resumo Sobre Politica MonetÁria - Parte Ii
- Política Monetária E Inflação

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online