PUBLICIDADE

Página Principal : Filosofia


George Berkeley. In: O Mundo de Sofia



George Berkeley (1685-1753) foi um bispo irlandês. Ele acreditava que a filosofia e a ciência de seu tempo constituíam uma ameaça para a visão cristã do mundo. Além disso, Berkeley acreditava que o materialismo, cada vez mais consistente e difundido, colocava em risco a crença cristã de que Deus criou e mantém vivo tudo existente na natureza. Ao mesmo tempo, porém, Berkeley foi um dos mais coerentes representantes do empirismo. Ele considerava que tudo que existe é somente o que percebemos e que aquilo que percebemos não é matéria ou substância. Berkeley creditava também que todas as idéias têm uma causa fora da consciência, mas que esta causa não é de natureza material e sim de natureza espiritual. Segundo Berkeley, portanto, a alma pode ser a causa das próprias idéias, mas só outra vontade, só outro espírito pode ser a causa das idéias que formam o mundo material. Berkeley acreditava que tudo vem do espírito, segundo ele, "onipotente por meio do qual tudo existe". Ele afirmava que tudo que vemos e sentimos é um efeito da força de Deus, pois, ele acreditava que Deus está presente no fundo de nossa consciência e é a causa de toda a multiplicidade de idéias e sensações a que estamos constantemente sujeitos. Este espírito, no qual tudo existe, segundo ele, é o Deus cristão.




Veja mais em: Filosofia

Artigos Relacionados


- Descartes. In: O Mundo De Sofia
- Immanuel Kant. In: O Mundo De Sofia
- Terceira Meditação
- O Ser
- Georg Wilhelm Hegel. In: O Mundo De Sofia
- Ética
- Ética (livro I E Ii)

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online