PUBLICIDADE

Página Principal : História


Primeiro Reinado



O Primeiro Reinado foi um período de tensões na história do Brasil. Ele durou menos de uma década. D. Pedro 1º, que proclamou a Independência em 7 de setembro, exercia os poderes Executivo e Moderador.

Constituição de 1824, do Primeiro Reinado, ganhou o apelido de 'Constituição da Mandioca' porque estabeleceu-se que, para votar ou ser eleito, o cidadão precisava comprovar patrimônio, medido em centenas de sacas de mandioca.

Pedro Américo pintou o quadro 'Independência ou Morte' para o Monumento do Ipiranga.

A Bonifácia, iniciada no final de 1822, após a proclamação da Independência foi uma devassa promovida pelo ministro José Bonifácio contra inimigos do Primeiro Reinado; ele fechou jornais, inclusive.

Com a proclamação da Independência, o Brasil se separou da política de Portugal ?em termos.?

Nas tensões e enfrentamentos políticos do Primeiro Reinado, os portugueses eram os chamados 'restauradores. '

As relações entre Igreja e Estado no Primeiro Reinado eram próximas, a Carta de 1824 estabeleceu a união Igreja-Estado e a religião católica como oficial.

Frei Caneca, líder popular, foi morto por tropas imperiais na Confederação do Equador, em 1824.

D. Pedro 1º dissolveu a Assembléia Constituinte em 1823, seis meses após o inicio dos trabalhos. A Constituição de 1824 foi outorgada por ele.

O Primeiro Reinado chegou ao fim com a abdicação de D. Pedro 1º ao trono, em 1831, e seu retorno a Portugal.

'A Noite das Garrafadas', no Primeiro Reinado foi um confronto, no Rio de Janeiro, entre portugueses apoiadores de D. Pedro 1º e brasileiros contrários à presença portuguesa.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados



 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online