PUBLICIDADE

Página Principal : História


A Saúde nos anos 30: As doenças Fatais Antes dos Antibióticos



Ao começar a década de 30, ninguém se preocupava com a poluição, que não se sabia o que fosse, nem com cigarros considerados por muitos médicos como um habito higiênico, nem com drogas _ morfina e cocaína eram encontradas à venda, livremente, em qualquer farmácia.

Em compensação, havia o medo obsessivo da tuberculose, que contaminava todos os anos meio milhão de brasileiros e levava para o tumulo nada a menos do que 100 mil. A tuberculose não fazia distinção entre velhos, crianças ou jovens, mesmo os de talento, como o compositor Noel Rosa, falecido em 1937, aos 27 anos, na sua casa Vila Isabel.

E não era só a tuberculose que assustava, mas a difteria, a paralisia infantil, a varíola, a sífilis e todas aquelas outras doenças hoje benignas, mas terríveis antes da vacinação em massa e da revolução dos antibióticos.

Talvez por sentir-se tão vulnerável, a sociedade levava a religião a sério, muitíssimo mais serio que nos dias de hoje.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Esquizofrenia
- Mega Memória ? Crise Social E Indigência
- Drogas: Perguntas E Respostas
- O Sabor Da Sobrevivência
- Bissexuais " Normais "
- Crianças Abandonadas
- Medo De Ter Medo

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online