PUBLICIDADE

Página Principal : Linguística


A gramática em uma perspectiva histórica



A gramatica numa perspectiva historica ? Tadeu S. Andrade (UNEB)

A gramática tradicional descreve fatos da língua portuguesa em seu estágio presente junto aos seus mecanismos atuais. No entanto, esse não é o único processo para estudo de um idioma. Assim como toda língua perfaz uma linha evolutiva é interessante que conheçamos sua trajetória analisando e estudando a fundo suas modificações e adaptações ocorrida desde o passado até os dias atuais.
Olhando alguns fatos da língua com uma ótica da morfologia nominal temos que o S que marca o plural em nossa língua provem do acusativo ( Latim).
O plural de substantivos terminados em AL, EL, IL, OI, UL ? IS (G.T)
Assim tínhamos no Latim: ALES, ELES,ILES, OLES, ULES com a queda do L e a passagem do E para I = AIS, EIS, OIS, UIS Ex.: Cônsul e Mal.
Coutinho: Cônsul ( origem herudita)
Males ( mais mais)....

Passivas Analíticas
A voz Passiva a anliica veio do latim vulgar uma perífrase da língua clássica.
Verbo + esse (port. Ser)+particípio passado de outro verbo?Intermediário a esses dois usos, houve a construção passiva com SE. Esta ulitma construção explica a voz passiva sintética(?) ou promocional na língua Portuguesa.


Veja mais em: Linguística

Artigos Relacionados


- A Língua Portuguesa - Parte I
- A Língua Portuguesa No Mundo
- A Gramática Na Aula De Português
- Preconceito Lingüístico
- A Língua De Eulália
- A Lingua Portuguesa E A Unidade Do Brasil
- O Português Da Gente

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online