PUBLICIDADE

Página Principal : Linguística


A história do vinho



"Falar de vinho, é falar das suas paixões. São o jardim secretto das nossas vidas e recolhem-se sobre elas próprias". fazemos o vinho juntos. O viticultor só apenas representa uma percentagem ínfima das condições necessárias à produção de um vinho de qualidade.É a mistura do talento, não de um homem só, mas de vinte gerações. Cada geração encontra-se presente na degustação, e o espírito do ano existe na garrafa. Cada garrafa na sua prateleira tem um sabor único. Com efeito, cada garrafa tem a sua história, sendo o produto das suas origens e da experiência individual. Um vinho pode remeter para a história de uma região pelo sabor característico. Pode indiciar, relativamente a uma determinada época, o seu clima e a sua prosperidade. Falaremos de vários aspectos do vinho. Em primeiro lugar, a importância do vinho na cultura francesa, assim como a sua história rica. Falaremos dos rituais e dos costumes envolvendo a degustação do vinho. falaremos dos problemas enfrentados pelos viticultores na história, como por exemplo, o controlo do álcool, os insectos, o cuidado com a terra, a comercialização, a luta entre os valores antigos e as novas técnicas. No capítulo seguinte, exprimiremo-mos acerca da importância do vinho na região de Bordeaux em particular. Descreveremos alguns castelos da região de Médoc, nomeadamente Château Lascombes onde estivemos. Discutiremos, por exemplo, a história da propriedade, do fabrico do vinho e das vindimas. Refletiremos, de seguida, sobre a evolução do simbolismo e dos locais de vinho na literatura. Para obtermos um vasto conhecimento do vinho, é necessário ver para além dos favoritos e das marcas baratas para que possamos descobrir o fascínio desse mundo. Pois, a Franças moderna não existiria sem a influência do vinho. e faltaria ao mundo um tesouro precioso. O vinho detém um papel fundamental ao mesmo tempo simbólico e real. As vinhas cobrem 872.000 ha e produzem 58,5 hectolitros de vinho (p.7). Simboliza a festa, cada acontecimente importante é assinalado com uma garrafa. A importâcia do acontecimento, ou da pessoa, é demonstrada pela qualidade do vinho. Um convidade que traz uma garrafa cara de uma marca bem conhecida, exprime desde logo respeito para com o seu hóspede e recorda a importância das suas relações. A cada pessoa corresponde um vinho. Potente, doce, forte, fraco, cada vinho correspode a um único indivíduo. A degustação tornou-se numa arte e numa ciência. Os enólogos são as pessoas mais importantes no mundo do vinho. Usa de três dos seus sentidos para identificar o vinho. O olho observa a cor e os movimentos do líquido. Existe uma certa relação entre o perfumista e o enólogo. Distinguir dados aromáticos não é tarefa fácil. Podemos descobrir vinhos temperados, frutados, ou toda uma cadeia de aromas dependendo da inspiração. Por isso, o nariz é um instrumento útil. Mas é a boca que decide da qualidade. A textura e os aromas descobrem-se em momentos reveladores.


Veja mais em: Linguística

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online