PUBLICIDADE

Página Principal : Linguística


Michaelis - Guia Prático da Nova Ortografia



O novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa assinado em 1990 entre os países de língua portuguesa (Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e Timor Leste) muda apenas a maneira de escrever algumas palavras, não influindo na fala. Não é muito claro e tem levado a algumas controvérsias especialmente em relação ao uso do hifem. Ainda não é uma unificação da lingua portuguesa. Vejamos o que muda: 1- Voltaram para o alfabeto as letras "K", "W", "Y" - Devem permanecer nas palavras de origem estrangeira e suas derivações. Ex. show, Kafka, Yin, ; e, em símbolos como "km", W (Watt); 2- O trema desaparece mas a pronúncia continua a mesma. Ele permanece apenas em nomes estrangeiros e seus derivados (Müller). 3- Acentuação: a) desparece nas palavras paroxitonas com ditongos abertos ( ex. alcateia, androide, plateia,colmeia,Coreia, geleia, heroico, etc).; e nas palavras paroxitonas com "u" e "i" tônicos, após um ditongo (baiúca= baiuca; feiúra= feiura); b) o acento continua nas palavras oxitonas (herói, papéis, troféu, etc); e nas palavras oxitonas onde a letra "i" ou 'u' estiverem no final ou forem seguidos por um "s". (ex. Piauí, tuiuiú(s) ); 4- Palavras terminadas em "eem" e "oo(s)" perdem o acento circunflexo, passando a : creem, enjoo, leem, magoo, veem (verbo ver), voo, etc.; 5- Acento diferencial também desaparece: pólo/polo; pára(o carro) = para o carro; pêlos (gato) =pelos do gato, etc; mas permanece na forma verbal (pôde - no pretérito perfeito do indicativo / e "pode" para a 3ª pessoa do singular do presente do indicativo). Também permanece no verbo "Por" e no plurar do verbo ter, vir, manter, reter, conter, etc. - 6- HIFEM - neste item temos modificações que tem gerado confusões. Simplificando temos. A- Quando deve ser usado: 1) diante de palavras iniciadas com "h" (anti-herói, super-homem); 2) quando o segundo elemento começar com a mesma vogal (anti-inflamatório; contra-ataque;micro-ondas); ou quando começar com a mesma consoante (inter-regional; super-resistente); 3) após o prefixo "sub", "pró", "pré","além", "sem", "ex",etc. 4) "Vice" - sempre leva hifem (Vice-Rei); 5) é obrigatório em palavras com sufixos de origem tupi-guarani (capim-açu); B- Foi abolido o hifem - 1) encontro de duas vogais diferentes (autoescola); 2) quando a consoante for diferente de "r" ou "s" (anteprojeto) - Mas se a letra final e a inicial seguinte for "r" ou "s", dobra-se a letra (ultrassom; antirracial; antissocial, etc); 4) em palavras que perderam a noção de composição (girassol, pontapé,paraquedas, etc); 5) o prefixo "co" também aglutina (coordenar, cooperar, etc.); 6) prefixo terminado em consoante diferente (supersonico) ou vogal (interestadual). Detalhe - quando o hifem coincidir na divisão da palavra para mudança de linha, o mesmo deve ser repetido na linha seguinte para que fique clara a grafia da palavra.



Veja mais em: Linguística

Artigos Relacionados



 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online