PUBLICIDADE

Página Principal : História


O tesouro de Creso



O tesouro de Creso

Ele era tão rico que deu origem a expressão: Rico como Creso. E, prisioneiro na corte de Ciro, rei persa que conquistou seu país em 546 AC, foi enterrado com um fabuloso tesouro: caixas de marfim, jóias, utensílios de ouro, prata, pedras preciosas. Por 2500 anos seu túmulo esteve perdido. Em 1965, um grupo de aventureiros encontrou-o no vale do Rio Hermus, na atual Turquia. As jóias contrabandeadas chegaram ao Museu Metropolitano de Arte de NYC e após 6 anos de batalha judicial o tesou voltou para o seu país.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Gosta De Prata - Melhor Loja De Produtos De Pra Ta E Otimo Preço
- Joias Para Inimá De Paula
- A Mulher No Egito Antigo.
- As Princesas De Prata
- Um Rei, Um Sonho, Uma EstÁtua, O Mundo
- Descobrindo O Pacífico
- Alexandre, "o Grande"

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online