PUBLICIDADE

Página Principal : Linguística


Assimil - Método de Autoaprendizado de Idiomas



O Método Assimil - Para quê e para quem

A Assimil é uma editora francesa que existe há décadas e publica um método de autoaprendizado de idiomas - Série Sem Esforço - conhecido mundialmente. Por ser no formato de "pocket book" ele é portátil, pode ser estudado em qualquer lugar e conta com uma ajuda extra: a rapidez e a objetividade do conteúdo.

Formulado em sequências de pouco mais de 100 lições o método avança em complexidade de conteúdo desde os diálogos mais básicos até conversações mais complexas, levando o leitor a explorar situações do dia a dia e experimentar improvisações que visam o amadurecimento do aprendizado. Não estamos falando de um método que deixará o estudante fluente no idioma, mas certamente dará uma base razoavelmente sólida para que os estudos prossigam em fase avançada.

Por ser um livro barato se comparado a qualquer método de ensino em escolas ele se torna uma ótima alternativa quando não se tem tempo a perder e procura-se resultados rápidos. O pioneiro da série é o método de inglês com exatamente 100 lições. A proposta é bastante simples. Aprenda uma lição por dia, em 15 minutos, mantendo uma regularidade um constante contato com o livro. Este talvez seja o primeiro segredo de quem começa a estudar através deste método. Como 15 minutos por dia não "machucam" ninguém, em pouco tempo o estudante sente a diferença no seu nível de conhecimento, trazendo motivação e fazendo com que o avanço nas lições seja consistente.

O segundo segredo deste método está no acompanhamento das lições através do áudio. Felizmente o livro permite que se aprenda as lições sem a necessidade dos CDs de conversação, uma vez que a pronúncia das palavras é transcrita de forma figurada, de modo que o estudante pronuncie as palavras como se lê na transcrição. Um tanto inusitado, já que quebra algumas regras e não leva em consideração o código fonético utilizado em dicionários. Mas para quem já precisa se esforçar para aprender um outro idioma, ter que aprender fonética seria terrorismo. A importância dos CDs reside no fato de que, assim como o livro, os áudios também avançam em complexidade e velocidade de pronúncia, de modo que o estudante sinta em seus ouvidos o que ele vê nas lições.

O terceiro segredo e talvez o mais importante é a sinceridade. Não adianta o estudante querer aprender um idioma dedicando-se apenas a uma fonte de informações. O método Assimil é um grande aliado, mas deve-se lembrar que as 100 lições não resumem o conhecimento de uma língua. Não recomendo ler qualquer outra obra enquanto não terminar todo o livro. Somente após terminar as cerca de 100 lições o estudante deverá decidir qual o principal objetivo de seu aprendizado. Aqueles que querem evoluir profissionalmente deveriam pensar em iniciar a leitura de artigos, revistas, websites e pequenas publicações sobre a área em que atua. Um analista de investimentos, por exemplo, poderia acessar diariamente a página da Bloomberg.com em inglês para se familiarizar com o jargão do mercado e com o estilo e linguagem utilizados. Somente após um período de experiência seria interessante ler algo de maior densidade, como um livro sobre mercado financeiro ou economia.

Visto que se o estudante aprender uma lição por dia levará cerca de 4 meses para terminar o livro, não é de se estranhar certa empolgação. Mas o "marinheiro de primeira viagem" deve ser precavido em sua jornada, principalmente se não tem muita experiência em autoaprendizagem. Este tipo de iniciativa exige dedicação, organização e automotivação, pois ao longo do tempo o estudante irá se deparar com seus medos, bloqueios, cansaço, desilusão e até um certo sentimento de incompetência quando às vezes não consegue avançar. Mas o resultado é gratificante e as instruções do livro são bastante claras: siga as orientações, faça exatamente o que o autor pedir, dedique o tempo exigido e a regularidade que o método impõe, e principalmente se divirta com a leitura. Qualquer livro, por mais diverso que seja o assunto, deve ser gratificante para o leitor ou ao menos trazer em seu contexto uma expectativa de resultado atingível e coincidente com seus objetivos. E neste quesito a Assimil cumpre sua promessa em troca da obediência do estudante ao método.

Alguns acessórios são imprescindíveis para o bom acompanhamento do livro, tais como um bom dicionário (sugestão, obviamente, de um Oxford ou Cambridge), um CD player ou computador com CDRom para ouvir os áudios e um local tranquilo e com boa iluminação. Leitura na cama antes de dormir, só mesmo um bom romance, não um método de idiomas.

Para finalizar, se o estudante acha que aprender inglês, espanhol, francês, alemão e italiano (métodos disponíveis para o nativo de língua portuguesa) é suficiente, saiba que o método tem cerca de 40 idiomas no catálogo... E o maior poliglota do mundo fala pouco mais de 50 idiomas...



Veja mais em: Linguística

Artigos Relacionados


- Http://www.italki.com/
- Inglês Passo A Passo
- O Mestre Ignorante - Cinco Lições Sobre Emancipação Intelectual
- Inglês
- Maria Montessori A Médica Que Valorizou O Aluno
- Aspectos Relevantes Da Pedagogia Deweyana
- Livemocha

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online